Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A hora de restaurar o Congresso Nacional
 
A hora de restaurar o Congresso Nacional
03/02/2021 as 12:11 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
O país acompanhou uma verdadeira maratona para a renovação das mesas diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. No começo de dezembro, o Supremo Tribunal Federal, provocado, impediu que o ex-presidente Rodrigo Maia usasse artifício para se reeleger pela quarta vez ao posto e que David Alcolumbre também continuasse presidindo o Senado embora o regimento daquelas casas proíba a reeleição. Mesmo impedido, Maia tentou colocar Baleia Rossi na presidência através de um bloco de partidos de oposição. Como último suspiro, montou um superbloco parlamentar de esquerda com o objetivo de manter ainda algum poder na distribuição proporcional dos cargos da mesa diretora, ação que o novo presidente revogou como seu primeiro ato após a posse.

Os discursos dos presidentes – Arthur Lira na Câmara e Rodrigo Pacheco no Senado – são de restauração das duas casas que, por força do ativismo exacerbado que vêm abrigando desde o impeachment de Dilma Rousseff e aumentou contra Jair Bolsonaro, viveram nos últimos tempos um dos períodos mais negros de suas histórias. Os novos presidentes prometeram privilegiar o coletivo e acabar com o personalismo praticado por Maia e Alcolumbre. Oxalá cumpram e proporcionem à sociedade motivos para voltar a respeitar os parlamentares e acreditar no parlamento. O grande vencedor da super segunda-feira foi Bolsonaro que, explicitamente e pouco se importando com as reações dos opositores, apoiou os dois eleitos e espera, no lugar do engavetamento de projetos e do decurso de prazo das medidas provisórias que não eram pau tadas, ter seus projetos discutidos e votados por senadores e deputados.

Que as novas mesas diretoras recoloquem Câmara e Senado a serviço da sociedade e não de indivíduos, grupos ou ideologias. Que voltem a ser a casa do povo que nunca deveriam ter deixado de ser e, com isso lucrem o país e todos os cidadãos. Que as negociatas, a corrupção e os maus costumes sejam colocados no passado e o povo, beneficiado, tenha motivos para voltar a respeitar e até admirar seus parlamentares.

Os presidentes agora eleitos, se cumprirem o prometido, conseguirão devolver ao Congresso Nacional a estatura que os errantes fizeram encolher e, sem qualquer duvida, todos nós, como sociedade, vamos lucrar. Que o ambiente seja propício à discussão e bom encaminhamento das reformas que o país necessita e que elas venham para melhorar a vida dos cidadãos, jamais para atender a grupos. Que os parlamentares de bons princípios tenham a força necessária para realizar os seus trabalhos e, com isso, demonstrar à sociedade o que podem executar para, ao mesmo tempo, mostrar quem são os do baixo clero e suas artimanhas, fazendo que estes sejam descartados da forma que melhor possa atender aos interesses coletivos.

Outra coisa: que as centenas de projetos e propostas hoje engavetados para atendera interesses subalternos sejam colocados em tramitação e os parlamentares, como colegiado, possam decidir seja para aprová-los ou rejeitá-los. O que não deve continuar existindo é o travamento que tanto mal tem feito ao país e beneficiado a poucos, inclusive a esquemas criminosos. Que o Congresso Nacional volte, finalmente, a funcionar à altura de sua tradição e importância e, com isso, atenda aos interesses da sociedade. Temos, à nossa frente, a grande chance. Não podemos desperdiçá-la...



Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br 

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK