Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > As redes sociais revelam nossas carências?
 
As redes sociais revelam nossas carências?
19/07/2019 as 10:28 h  Autor Padre Ezequiel Dal Pozzo  Imprimir Imprimir
O ser humano é, de alguma forma, um pouco carente. Faz parte da nossa condição sentirmos insuficiências ou não estarmos totalmente satisfeitos com o que somos e temos. Somos habitados pelo desejo de algo mais. A carência precisa ser percebida por nós, de tal modo a não pensarmos que é isso ou aquilo que vai eliminá-la. Nunca a eliminamos por completo. Precisamos aprender a lidar com ela. Ela faz parte daquilo que o ser humano é.

Ocorre que muitas vezes essa carência é tão forte que mexe com toda a pessoa. Parece que ela é perseguida pela carência. Isso se percebe em muitas pessoas, atualmente. São profundamente carentes, insatisfeitas, estão à procura de migalhas de amor, de aprovação e aceitação. Aqui não faço um julgamento, mas sim uma constatação. O nosso tempo que possibilita, como nunca antes, contato com tantas pessoas, produz seres humanos altamente carentes, com contatos com muitos e com ninguém ao mesmo tempo. Tudo é líquido. Os relacionamentos não são consistentes e nem conseguem dar conta das carências. Precisa-se sempre de alguém, de uma conversa, de uma aprovação ou de uma mensagem para nos dizer que somos.    

Considero que esse sentimento manifesta o início de uma doença: da solidão, da insuficiência aguda. A pessoa tem relacionamento, convive, trabalha, encontra gente, mas se sente só. E pior, não tem habilidade nenhuma para trabalhar essa sua solidão.

Vejo isso muito nas redes sociais. Pessoas que têm necessidade de comentarem sempre os mesmos personagens, dar sua opinião, ou manifestarem seu ponto de vista no WhatsApp, nos grupos ou individualmente, mais revelam carências do que constroem relacionamentos. Se você sempre responde a alguém nos posts do Facebook e Instagram, provavelmente, você mais tem necessidade de ser notado, do que simplesmente valoriza o que o outro escreveu. Não vejo a mesma coisa, por exemplo, em quem curte ou compartilha. Curtir ainda é algo mais discreto, estou entre outros tantos, e compartilhar manifesta aquilo que acredito ou penso. Não compartilho, por exemplo, para ser notado. O que manifesta mais minhas carências é a necessidade de falar, de expressar aquilo que sinto e penso o tempo todo, não conseguindo conter em mim aquela "reserva de conteúdo" que é só meu, que mesmo, às vezes dolorido, não preciso falar a ninguém. Falar sempre, escrever sempre, manifestar minha opinião aos mesmos personagens, podem ser eles padres, palestrantes, artistas, políticos, rádio, jornal, marca, instituição ou organização, normalmente, mais manifesta carência do que serenidade e maturidade. Esse comportamento beira bem próximo da doença. Pessoas com esses comportamentos querem receber uma "migalha de resposta" que lhes diga que não estão sozinhas.

Tenho convicção de que esse comportamento não é solução para as carências. Deveriam olhar para dentro de si mesmas, sofrer essas carências, mas encontrar as respostas lá dentro, no contato profundo consigo e com Deus. A partir disso cada um pode avaliar seu comportamento.

Pense sobre isso. Como está sua vida nas redes sociais?




Padre Ezequiel Dal Pozzo

contato@padreezequiel.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK