Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Natal, que vibe é essa?!
 
Natal, que vibe é essa?!
24/12/2018 as 11:17 h  Autor Padre Marcio Prado  Imprimir Imprimir
O que nos lembra o Natal? Festa, família, comida, bebida, “amigo secreto”, presentes… Quantas coisas boas vivemos no Natal! Reencontramos familiares, amigos; enviamos mensagens; boas lembranças de pessoas que já se foram vêm à tona. Às vezes, também bate aquela tristeza por amizades enfraquecidas ou rompidas. Nesse tempo, vejo tendências: ou afloram o consumismo e a indiferença, ou damos o verdadeiro sentido ao Natal, que é o Cristo entre nós!

O comércio se dedica a fazer bem a sua parte com as mais variadas propagandas, afinal a “propaganda é a alma do negócio”, já escutamos isso, não é?! E quantas boas propagandas, até nos convencem que realmente precisamos comprar aquele produto. Hoje em dia, a tecnologia permite oferecer à pessoa não somente aquilo que pesquisou na internet mas outros produtos relacionados. Para não cairmos no consumismo, algumas perguntas podem nos ajudar: Eu preciso desse produto? Ou não preciso? Isso vale para presentear também: Essa pessoa precisa desse presente? Ou será que não precisa? Por que quero comprar ou presentear, é necessidade? Por que é Natal? É promoção? É um agrado/carinho?

Se há muitas pessoas ansiosas por “gastar”, também encontramos algumas pessoas indiferentes. Já ouvi muitas pessoas que dizem não gostar do Natal porque veem esse consumismo exacerbado ganhar maior proporção a cada ano. Outras não gostam do Natal, não encontram nenhum ou quase nenhum motivo para celebrar, por dificuldades em casa ou porque perderam entes queridos.

Independente da circunstância, somos convidados a viver bem o Natal e resgatar seu verdadeiro sentido. O Natal é a comemoração da vinda de Deus entre os homens. Ele veio como gente, como ser humano, na fragilidade e simplicidade de uma criança. Que incrível! Que fantástico! Que vibe é essa! Até as pessoas mais “fechadas” já devem ter achado graça em uma criança, quanta esperança se deposita naquela pessoa que acabou de nascer! Que será dessa criança no futuro? Vai se destacar como atleta, como cientista, como governante? A pessoa do ainda menino Jesus trouxe muita alegria e esperança para o seu tempo e ainda traz para o nosso tempo. Muitos escritores já falaram, falam e falarão a respeito d'Ele. É a pessoa mais influente do mundo, seus ensinamentos ajudam, ainda hoje, crentes e não crentes. Ele é o sentido do Natal!

Tomemos cuidado para que, nem o consumismo e nem a indiferença, tomem conta desse tempo. O Menino cresceu e continuou humilde e simples, ensinou e ensina-nos a amar e perdoar. Que tal aproveitar o hoje para amar e perdoar? Foi dessa forma que Jesus mudou o mundo. Natal é festejar o nascimento de Jesus, é acolhê-lo e acolher seus ensinamentos. Dentre tantos ensinamentos desse Menino, que nos faz pensar no Natal, estão o amor e o perdão. Vamos viver bem o verdadeiro sentido do Natal e mudar o mundo com humildade e simplicidade? Natal é deixar Jesus nascer na manjedoura do nosso coração e deixá-lo crescer em nossas atitudes.

Feliz Natal para você!



Padre Marcio Prado
, natural de São José dos Campos (SP), é sacerdote da Comunidade Canção Nova e Vice-Reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É autor dos livros “Entender e viver o Ano da Misericórdia” e “Via-sacra do Santuário do Pai das Misericórdias”, pela editora Canção Nova.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK