Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A classe média não terá nem planos de saúde e nem SUS
 
A classe média não terá nem planos de saúde e nem SUS
20/07/2018 as 08:02 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
Diz ditado popular que quem tem telhado de vidro não pode atirar pedra em ninguém, e foi exatamente isso que classe média brasileira fez ao ocupar as ruas do Brasil em 2016, exigindo a saída da petista Dilma Rousseff do governo. Não tem com negar que o Golpe de abril de 2016 foi, necessariamente, contra a população mais pobre e, principalmente contra a classe média brasileira.

Desinformados politicamente, cidadãos foram às ruas do país de forma fervorosa, apoiando um processo de impeachment antidemocrático (já que a mulher tinha sido eleita nas urnas e não cometera nenhum crime), e agora recebem as punhaladas que provavelmente não mereciam de quem deveria fervorosamente defender seus interesses na posição de governo.

De tudo o que aconteceu até agora, a atual Resolução Normativa nº 433, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável pela regulamentação do setor de planos de saúde, simboliza o maior baque para a classe média. A contar também pela sabotagem contra o SUS, com as Desvinculações das Receitas da União (DRU), desonerações, renúncia fiscal do Imposto de Renda, ressarcimento e Emenda Constitucional nº 95, que retira bilhões do sistema público, a saúde do brasileiro, especialmente a da classe média, se encontrará, numa verdadeira encruzilhada.

Da forma desonesta como o governo de Michel Temer vem tratando quem lhe ajudou a ocupar o cargo em que se encontra, a classe média poderá não ter os planos de saúde da forma que funcionaram até então (e também provavelmente não terá o SUS). Com o impacto dos novos Mecanismos Financeiros de Regulação da Resolução Nº 433, dos 3.329 procedimentos previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde de 2018 do setor suplementar, apenas 250 procedimentos ficaram isentos de coparticipação de 40%.

O negócio ficou tão complicado para quem tem planos de saúde, que até mesmo em consultas e exames básicos (de alta prevalência) pouco ou nada foi considerado na Tabela de Procedimentos Isentos dos Mecanismos Financeiros de Regulação. E mesmo com decisão contrária do Supremo Tribunal Federal às novas mudanças, a própria Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS) resolveu peitar, e não vai cumprir nenhuma decisão judicial, pois nesse governo fraco de Temer qualquer um pode muito bem contrariar a autoridade suprema do país em nome dos interesses dos capatazes do sistema de planos de saúde do país.

Pois é...! Quem tem telhado de vidro não pode atirar pedra nos outros! A esperança é que os cidadãos que colocaram camisas amarelas e ocuparam as ruas do país em 2016, como se fossem um rebanho de analfabetos políticos teleguiados pela Rede Globo de Televisão, para exigir a saída da “organização criminosa” (como chamaram os petistas), agora tomem vergonha na cara e coloquem de novo as mesmas camisas e ocupem as ruas contra esses disparates, porque senão nem as filas dos SUS vão ter.



Por Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK