Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Lula fora da eleição, perto da prisão...
 
Lula fora da eleição, perto da prisão...
25/01/2018 as 11:15 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
De nada adiantaram a acidez e o tom ameaçador do ex-presidente Lula e de seus seguidores. Os desembargadores do Tribunal Federal de Recursos de Porto Alegre (TFR-4), além de confirmar a sua condenação pelo juiz Sérgio Moro ainda ampliaram a pena de 9 e meio para 12 anos e um mês. E por ter sido decisão unanime (3 a zero), o réu não tem direito aos embargos infringentes, que serviriam para atrasar a aplicação da sentença e ainda poderiam favorecê-lo na sua pretensão de tornar-se candidato a um novo mandato presidencial. Do jeito que ficou, logo a sentença entrará em execução e o ex-presidente poderá ser preso, conforme o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal, de que o condenado de segunda instância deve ter sua pena aplicada de imediato e, se quiser recorrer aos tribunais superiores, deve fazê-lo preso.

Mais do que a possibilidade de prisão, é o enquadramento na lei da ficha limpa. Condenado por um colegiado (três desembargadores), Lula passa a ser considerado ficha suja e de acordo com a Lei Complementar nº 135, de 2010, que ele próprio sancionou quando governava o país, não poderá ser candidato. Espera-se, agora, que se resigne e, dentro do que lhe é de direito, promova os recursos que lhes são facultados, mas não parta e nem incentive seus seguidores a partirem para a desobediência civil, pois isso em nada contribui com o país e pode ser perigoso para todos, inclusive aos irresignados.

Depois do julgamento desta quarta-feira, quando os três desembarcadores do TFR-4 explicaram detalhadamente seus votos à Nação, através da transmissão do Youtube e dos meios tradicionais de comunicação (rádio, TV e jornal) a população ficou sabendo detalhadamente o que Lula e os demais implicados cometeram de crimes e o porque de suas condenações. Com certeza, todos os corruptos – tanto os que já foram descobertos quanto os que ainda estão incógnitos – estão preocupados porque, se o chefão foi apenado, não é difícil que o mesmo ocorra com os chefiados e os corruptos de menor escalão.  Mas, por outro lado, o Brasil ganha porque dá demonstração de força institucional e de zelo pela coisa pública. Uma decisão como esta melhora a nossa imagem perante os investidores e principalmente no exterior, de onde dependemos para muitas coisas ligadas ao nosso desenvolvimento.

Espera-se que tanto Lula quanto aqueles que nos últimos dias andaram falando o que não deviam, coloquem a cabeça sobre seus travesseiros e pensem mais no Brasil do que em si próprios. O país não merece cair numa onda de distúrbios só porque a Justiça descobriu, processou e condenou o ex-governante que se portou mal. Temos de torcer para que todos os que delinquiram sejam alcançados pela lei e exemplarmente punidos. Isso é do interesse nacional.
 


Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
- dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo)  - aspomilpm@terra.com.br                                                             


 

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK