Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Sair de casa é desafio para mães com bebês
 
Sair de casa é desafio para mães com bebês
12/05/2017 as 16:46 h  Autor Irene Nagashima e Taís   Imprimir Imprimir
O Dia das Mães, assim como outras datas comemorativas, vem gerando polêmica: dizem que a data se tornou puramente comercial. Opiniões à parte, o que não podemos negar é que os corações de mães e filhos parecem ficar mais doces neste dia. Seja pelo simbolismo ou simplesmente para se estar, fisicamente ou não, junto àquelas que cumpriram a missão de gerar vidas, não só aquela gestada no ventre, mas também a germinada no coração, nascida no encontro de almas.

A maternidade é um deleite, é emoção na sua forma mais pura, mas também é uma batalha diária contra monstros reais e imaginários. Difícil definir a maternidade em todos os seus significados e impactos sem ter passado por ela. Aquele mundo de comercial de margarina pode não acontecer em muitas casas. Encontrar-se descabelada e de pijama às três da tarde, com cheiro de leite ou de pomada antiassaduras; estar com a casa de pernas pro ar e muitas vezes não ter ajuda no cotidiano caótico pode ser desanimador. Por isso, é fundamental que mães e as pessoas que as cercam saibam que sim, existe vida social e momentos que podem ser prazerosos após o parto, sem abrir mão da companhia do bebê.

Passamos por tudo isso. Foi nesta fase sensível e enlouquecedora, em meio à falta que sentíamos dos passeios que faziam parte de nossa rotina, que invadimos uma sala de cinema com outras mães e nossos bebês a tiracolo. Foi renovador e muito gratificante voltarmos a ter um programa nosso, assistir a um filme no cinema, papear e trocar experiências sobre a maternidade recente. E o que é melhor: junto com nossos bebês. Foi desta experiência que surgiu o CineMaterna.

E com toda a certeza nossa equipe de 360 mães mensalmente conhecem também esse universo. São estas mulheres, que passam diariamente pelas delícias e desventuras da maternidade, que estão à frente dos detalhes que transformam o CineMaterna em uma sessão especial de cinema, levando comodidade, com tranquilidade e segurança às mães, pais e bebês. Elas ajudam a concretizar nosso sonho, provando para as mães que sim, o mundo continua igual lá fora e que elas podem fazer parte dele com seus bebês nos braços; que tirar o pijama e sair de casa com um ser tão pequenino é, sim, um desafio, mas que ela vai tirar de letra.

Para a equipe do CineMaterna, o Dia das Mães também serve para comemorar o recorde de todos os picos de público anteriores. Somente em março passado, 6.282 adultos com 3.517 bebês estiveram presentes em nossas sessões; um aumento de mais de 12% em relação ao recorde mensal de 2016. Para nós, este número representa muito mais que um índice. Revela que cada vez mais mulheres estão redescobrindo a vida social e cultural no pós-parto, e que o nosso trabalho vai muito além de promover sessões de cinema adaptadas para as mães com seus bebês. O CineMaterna proporciona momentos de relaxamento e diversão em meio ao caos da vida diária de uma mãe recém-nascida. Promovemos um grupo de apoio, disponibilizando espaços para a troca de experiências entre mães, mostrando às mulheres nesta fase da vida que o filho recém-chegado não é empecilho para ela sair de casa, que seus deslocamentos não precisam se restringir ao consultório do pediatra. Arrumar-se para sair, mudar a rotina, distrair-se com um filme, conversar, fazer novas amizades, desabafar e entender que a vida nunca mais será a mesma porque o amor materno muda as mulheres. E que isso é muito, muito bom.

Irene Nagashima e Taís Viana são fundadoras do CineMaterna

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK