Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A verdade sobre a precarização do trabalho no Brasil
 
A verdade sobre a precarização do trabalho no Brasil
24/03/2017 as 15:33 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
De fato houve um retrocesso aos anos em que empresários não tinham obrigações com os trabalhadores, além do pagamento de péssimos proventos, com a aprovação da lei que autoriza o trabalho terceirizado no Brasil. A proposta foi aprovada com votos de 231 deputados federais, que mais uma vez demonstraram para os brasileiros que eles rasgaram o conceito de democracia representativa, pois eles representam apenas aqueles empresários que financiam, aberta ou secretamente, suas campanhas.

Hoje vários formadores de opinião que defendem as ideias em favor dos empresários jogaram confetes em suas colunas com a aprovação do projeto, dizendo que agora o Brasil vai melhorar, porque vai haver mais emprego e mais soluções para os graves problemas que o país enfrenta com a cruel recessão que atinge o mundo todo.

Não é gritaria de gente de esquerda ser contra a aprovação do Projeto de Lei 4302, de autoria de representantes da classe empresarial do país. Na realidade ele representa o fim da Consolidação das Leis do Trabalho, criada pelo governo de Getúlio Vargas, porque coloca todos os trabalhadores brasileiros numa corda bamba, com os riscos eminentes de terem direitos trabalhistas sonegados.

Qualquer cidadão que ler jornal, sabe dos problemas existentes em todos os setores da economia aonde se terceiriza o trabalho fim. Os empresários do setor (praticamente chamados de gatos) nunca cumprem suas obrigações com INSS, FGTS e outros direitos adquiridos pelos trabalhadores organizados durante as últimas décadas.

Comprovado está que terceirizados no país são os trabalhadores que mais sofrem, principalmente com atrasos de salários e retirada de seus direitos mais elementares. Por diversas vezes cidadãos tentam na justiça receber salários atrasados de donos de empresas terceirizadas, que sempre ao final de contratos com empresas privadas ou estatais, entram em processo de "falência branca".

O que aconteceu na Câmara dos Deputados não foi coisa comum, foi um desastre para a sociedade brasileira, quando se sabe sem resistência ao raciocínio que a precarização do trabalho somente se criará uma sociedade menor, sem poder aquisitivo, sem direitos, e recheada de conflitos e instabilidade no mundo trabalho.

Com a aprovação da famigerada lei da terceirização a Câmara dos Deputados sem compromisso com a maioria absoluta da classe trabalhadora desse país, está criando a sociedade do subemprego, aonde se paga menores salários com exigências de aumento de carga horária de trabalho e se sonega direitos trabalhistas mais elementares. Para quem tem ainda tem dúvidas, isso chama-se "Consenso de Washington" na prática.




Por Genaldo de Melo
 genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK