Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Fidel Castro
 
Fidel Castro
15/12/2016 as 09:10 h  Autor João Baptista Herkenhof  Imprimir Imprimir
Faleceu Fidel Castro. A partir da homenagem a sua memória, escrevo este artigo.

Diferenças de concepções religiosas ou ideológicas não devem impedir a fraterna convivência humana.

Cada pessoa pode ter sua Fé, sua visão política, sua receita para os problemas sociais, sua maneira de decifrar os mistérios da vida, sem que essas divergências impeçam o diálogo e a busca de eventuais identidades.

Acho que a Humanidade avança se, no campo da Fé, prevalece uma visão ecumênica e se, no campo da ação concreta, unem-se todos aqueles que desejam um mundo mais justo, mais igualitário, mais humano.

Com relação a Cuba, que está enlutada, reconheça-se a grandeza desse pais: pequeno no tamanho, porém imenso na dignidade. Respeitem-se as opções adotadas naquela ilha. Tenha nossa reprovação tudo que se fez no passado, ou que se faça hoje, para dificultar os caminhos da Revolução Cubana.

Mesmo morto Fidel Castro, ainda é tempo de proclamar a injustiça das proscrições, a falsidade dos argumentos que pretenderam negar o óbvio, qual seja, por exemplo, o sucesso do regime cubano nas áreas da saúde e da educação.

Que coisa linda este troféu que, com orgulho, Cuba exibe: "A cada ano, oitenta mil crianças morrem vítimas de doenças evitáveis. Nenhuma delas é cubana. Cada noite duzentos milhões de crianças dormirão nas ruas do mundo. Nenhuma é cubana".

O bloqueio norte-americano, sofrido por Cuba durante décadas, é inaceitável. A base militar de Guantánamo não é apenas uma agressão à soberania cubana. É um acinte ao mundo.

Escreveu Leonardo Boff: O sistema imperante, de viés capitalista, diz que não há alternativa a ele, pois que representa a culminância das sociedades humanas. Fidel Castro mostrou que com o Socialismo pode haver um modelo diferente daquele do Capitalismo, hoje em radical crise. A fúria dos USA contra Cuba e Fidel, para destruir o socialismo cubano, era para mostrar que não pode haver uma outra alternativa.

Boff testemunhou ter Fidel confessado: “se no seu tempo houvesse a Teologia da Libertação, teria assumido esta leitura para montar a sociedade cubana.”

Sob pressão da Guerra Fria, Fidel foi obrigado a ficar do lado da URSS e assumir o Marxismo. Leu, entretando, e anotou obras de Gustavo Gutiérrez, Betto, Clodovis e Leonardo Boff. Os livros que leu estavam todos anotados com notas marginais. Certamente hoje essas preciosidades irão para um museu.

Durante o tempo de “silêncio obsequioso” imposto a Leonardo Boff, num gesto de tirania nazista do Santo Ofício, Fidel convidou Boff a passar quinze dias de férias com ele na ilha, para aprofundar as questões da religião, na América Latina e do mundo.
 
João Baptista Herkenhoff é magistrado aposentado e escritor. E-mail: jbpherkenhoff@gmail.com - Site: www.palestrantededireito.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK