Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A represália a juízes, procuradores e... policiais
 
A represália a juízes, procuradores e... policiais
07/12/2016 as 16:12 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
A crise político-institucional de hoje tem como pano de fundo a tentativa de expor juízes, promotores e procuradores a processos por crime de responsabilidade quando suas decisões (dos juízes) ou denúncias (dos promotores e procuradores) não prosperarem.  É, de fato, uma preocupação a possibilidade desses profissionais perderem a liberdade de ofício e, por autoproteção, deixarem de se esmerar nas questões que lhes são confiadas pela sociedade. Não devem eles extrapolar aos ditames da lei, mas também não podem ser diretamente expostos à retorsão pura e simples, pretendida no projeto de lei que tramita pelo Senado e pelas emendas que a Câmara dos Deputados aplicou ao projeto das medidas anticorrupção. Há que se encontrar o ponto de equilíbrio.

Por analogia, da mesma forma que os juízes, promotores e procuradores não devem sofrer punição pelos supostos excessos cometidos no exercício do seu ofício, desde que não os tenham executado dolosamente, entende-se que os policiais também não deveriam ser punidos quando vão além do necessário para resolver uma situação. Desde que não o tenham feito com dolo, são credores do mesmo favor e compreensão que hoje se defende para os membros do Judiciário e do Ministério Público pois, se trabalharem preocupados com possíveis represálias, não exercerão plenamente o seu mister.

Quem defende a não penalização dos membros do Judiciário, pelas mesmas razões, deveria advogar a causa dos policiais que, como seres humanos, também são passiveis de erros e enganos, muitas vezes decorrentes do forte componente emocional da atividade que desempenham. Mas, infelizmente, quando o cometedor do excesso é um policial, mesmo sem que haja crime, monta-se contra ele um verdadeiro linxamento social e moral, do qual nem sempre consegue se livrar.

Governos demagogos, que fizeram questão de posar como democráticos, chegaram a proibir as suas polícias de entrar em determinadas áreas que, com o tempo, foram dominadas pelo crime organizado. Policiais recebem a arma como instrumento de trabalho mas, muitas vezes, são punidos por tê-la utilizado. Isso se tornou cotidiano no meio policial. Agora, que se clama pelo meio termo em relação a magistrados e membros do MP, seria muito importante também buscar o equilíbrio para o drama funcional e social vivido pelos policiais. O Estado, que paga salários pelos seus serviços, jamais deveria puni-lo por trabalhar...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
- dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK