Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Os faróis acesos e a multa
 
Os faróis acesos e a multa
18/07/2016 as 17:14 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
A lei que obriga aos motoristas trafegarem com os faróis acesos durante o dia nas rodovias brasileiras é um avanço e deverá reduzir o número de acidentes. Mas a forma abrupta com que passou a ser exigida pelos encarregados da fiscalização rodoviária é insensata. Apesar da argumentação de que a exigência foi objeto de divulgação ao longo dos 45 dias que separaram a sua sanção pelo presidente da República e a entrada em vigor, não se tem notícias de campanhas realizadas para alertar aos motoristas que agora são multados em grande escala. Em apenas cinco dias, foram aplicadas 4.499 multas nas rodovias estaduais paulistas e 15 mil nas federais.

Bem faz o estado do Pernambuco, que suspendeu a aplicação das multas por 40 dias para, nesse período, realizar campanhas informativas aos motoristas. É um procedimento que as outras unidades da federação deveriam adotar ou, até, o próprio presidente da República poderia colocar em prática para evitar a penalização dos motoristas descuidados. É bom lembrar que a multa existe com finalidade educativa e não punitiva ou arrecadatória e, nestas condições, o principal é conseguir a adesão dos usuários das rodovias. Também devemos considerar que têm sido comuns mudanças de normas trânsito precedidas de longos períodos para informação dos motoristas e que, mesmo assim, muitas delas acabaram revogadas como, por exemplo, o novo extintor recentemente exigido e depois dispensado a todos os veículos particulares.

O uso do farol durante o dia é comum em muitos países, notadamente naqueles de clima frio que mesmo no claro dificulta a visibilidade, e poderá dar bom resultado também no Brasil. Mas não e algo tão urgente que justifique a multa imediata aos que descumprirem a nova norma. O bom senso deveria, neste momento, falar mais alto que a inflexibilidade e o interesse arrecadatório daqueles que têm ao seu alcance a caneta, o talão e os equipamentos emissores de multas. Conceder mais alguns dias até que a nova lei “pegue”, não vai fazer mal  a ninguém...




Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK