Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A alegria na derrota
 
A alegria na derrota
09/07/2014 as 16:22 h  Autor Márcio Marinho  Imprimir Imprimir
O Brasil perdeu! A derrota do Brasil foi uma humilhação! 7 a 1: vergonha histórica!

Mas, me pergunto: o Brasil nação perdeu o que mesmo? Os alemães invadiram o nosso país, sequestraram nossas famílias, massacraram nosso gado, queimaram as nossas lavouras?

Precisamos de equilíbrio emocional para não supervalorizar eventos que, diretamente, não afetam em nada a nossa vida. No máximo provocam a exteriorização de uma tristeza momentânea.
 
Parece uma incoerência, mas muitas vezes é quando confrontado com a contradição com o contrassenso, que o ser humano encontra o bom senso e a coerência.  A valorização exacerbada da euforia ou do seu oposto, a melancolia, é sempre danosa.

A pessoa é um ser dicotômico por natureza, tendo em si duas “naturezas” atuantes: razão e emocional, que aparentemente se opõem, mas na verdade se complementam dando um “tom” de equilíbrio único ao agir humano.
 
É a partir dessa inteligência que a nossa própria natureza nos mostra todo o tempo que, conscientemente, devemos escolher agir equilibradamente, valorizando cada coisa dentro do seu real valor.

A nós, cidadãos brasileiros, está colocada a responsabilidade de decidir sobre o destino do nosso país em 5 de outubro. As Eleições, e não a Copa, definirão o nosso destino político, econômico e social para os próximos 4 anos.

Por isso, o nosso lamento pela perda de um jogo não pode merecer mais dos que alguns poucos momentos do nosso valioso tempo, do qual devemos dispor para cuidar dos nossos interesses de maior monta, que de fato poderão contribuir para a melhoria das nossas vidas e dos nossos filhos.

O “país do futebol” precisa, na verdade, ser o país das boas escolas, dos bons hospitais, das crianças bem nutridas, dos idosos bem cuidados, dos pobres com direito a casa própria, dos programas eficientes de irrigação para erradicar a seca das regiões castigadas com a estiagem, do fim do analfabetismo, do fim do verdadeiro genocídio de jovens negros das periferias, do fim da carga exacerbada de impostos sem retorno efetivo para o povo. Enfim, o “país do futebol” precisa ser apenas o Brasil para os brasileiros!



Por Márcio Marinho
Deputado Federal/PRB/BA

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK