Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > De portas abertas
 
De portas abertas
13/08/2013 as 09:55 h  Autor Luiz Gonzaga Bertelli  Imprimir Imprimir
Atrair e reter profissionais qualificados são preocupações em pauta na maioria das grandes corporações, principalmente em tempos de escassez de mão de obra especializada. O estudo Talent Shortage Global Survey (Pesquisa Global de Falta de Talentos), que ouviu empregadores em 42 nações, indicou que 68% dos empresários brasileiros relataram dificuldades para preencher suas vagas. O índice foi quase o dobro da média geral, de 35%, o que faz do Brasil o segundo colocado na lista divulgada pela pesquisa, atrás apenas do Japão. O estudo mostrou ainda que as principais deficiências estão nos setores técnicos, já que essa formação ainda está muito aquém da necessária.

A falta de profissionais das áreas de ciências exatas é histórica, mas o problema surge com mais ênfase após o período de crescimento econômico que o Brasil viveu nos últimos cinco anos. Estima-se, por exemplo, que faltam no mercado cerca de 150 mil engenheiros. Na área tecnológica, um déficit de 100 mil profissionais de tecnologia da informação (TI).

Para não pararem no tempo e continuarem competitivas em um mercado cada vez mais concorrido, as empresas devem criar condições para incentivar o crescimento dos profissionais, com plano de carreira e acesso às tecnologias mais modernas. Outra regra básica na luta contra a falta de mão de obra qualificada é o investimento na formação profissional do jovem. E, nesse caso, nada melhor do que estabelecer programas de estágio eficientes que desenvolvam a capacidade do estudante, aproveitando os conhecimentos teóricos adquiridos na universidade para que ele aplique esse cabedal de informações na prática da profissão.

O estágio é a porta aberta para o mercado de trabalho, pois possibilita a primeira experiência profissional e o primeiro contato com a profissão desejada. Permite que o estudante conviva com trabalhadores mais experientes, enriquecendo sua trajetória profissional. Os jovens podem, então, absorver a riqueza prática que os bancos escolares não trazem em suas disciplinas. O estágio é, portanto, um complemento valioso do diploma, que capacita o jovem para o mercado de trabalho. Em tempos de mão de obra escassa, é um belo remédio para o mundo corporativo, que pode investir na formação de seus próprios colaboradores.

Luiz Gonzaga Bertelli é presidente Executivo do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), da Academia Paulista de História (APH) e diretor da Fiesp.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK