Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O BBB, os costumes e a sociedade
 
O BBB, os costumes e a sociedade
18/01/2012 as 15:17 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
A grande guerra pela audiência e – evidentemente – pelos milhões recebidos dos patrocinadores, levaram o programa simplesmente a ousar. Comportamentos polêmicos passaram a fazer parte do dia-a-dia da casa sem que, pelo menos aparentemente, seus controladores se preocupassem em não escandalizar o telespectador e/ou internauta. Pelo contrário, certos costumes e transgressões ganharam destaque que pareciam fazer parte do objetivo do programa. A tv, concessão pública, em vez de retratar a realidade das pessoas, parecia buscar a vanguarda dessa realidade e, até, optar por potencializar questões polêmicas.

Enquanto buscou mostrar as dificuldades de adaptação, as questões inerentes ao confinamento prolongado e as figuras humanas que entravam no jogo, o BBB chegava a ser até um inocente entretenimento familiar e uma porta de entrada ao estrelato. Vide o caso de Grazy Massafera. Mas quando, deliberadamente, passou a potencializar a bebedeira, o sexo livre e outras questões ainda não bem digeridas pela sociedade, caiu na vala perigosa da difusão de acontecimentos insólitos e até insultuosos.

As luxuosas festas que a “casa” coloca no ar têm sido uma grande contradição à campanha anti-alcoolismo que o governo e a sociedade tentam empreender. O quadro de costumes inserido na relação entre os participantes massifica para toda a comunidade comportamentos restritos a grupos e particularmente mantidos em discrição pelos próprios praticantes. Qual a contribuição que um programa como este traz à cultura e ao avanço da sociedade? Não somos favoráveis à censura, mas o bom senso é indispensável.

No passado, o esteriotipo do galã de cinema e a publicidade induziram a sociedade mundial a fumar e a beber. Hoje se investe elevadas somas para corrigir o erro do passado. Será que futuramente não ocorrerá o mesmo em relação aos “valores” que os importados reality-shows como o BBB hoje exibem? É preciso pensar nisso.

A Rede Globo, em nota, assume a responsabilidade pelo programa, e nem poderia ser diferente. Mas, mesmo assim, os órgãos controladores têm o dever de se manter atentos e diligentes quanto à questão cultural e formativa do meio de comunicação. O Ministério Público, a Polícia e o Judiciário também não podem abrir mão de suas prerrogativas de evitar o crime e fazer cumprir as leis. Assim deve funcionar a sociedade organizada, mesmo que isso venha em prejuízo do lucro das grandes corporações...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK