Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Ministério, coação partidária
 
Ministério, coação partidária
05/12/2011 as 20:39 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
A dinâmica que leva à eleição dos governantes e escolha de seus auxiliares, infelizmente, faz parte de um complexo jogo. Com toda a certeza, esses errantes, que turvaram a imagem do governo e, com suas crises, levaram a instituição a perder o foco e a eficiência, não são da escolha da governante, mas indicações possíveis dentro do quadro de governabilidade. Tanto que parte deles já veio dentro do pacote formado no governo anterior.

Bom seria se, em vez de cotas-partes aos chamados partidos aliados, o governo fosse constituído por indivíduos familiarizados às áreas onde deverão atuar. Advogados ou membros do Judiciário e Ministério Público para a área de Justiça, professores para a Educação, militares para a Defesa e assim por diante. Logicamente, dentro desse raciocínio, o ministro do Trabalho deveria ser um trabalhador. Também poderia se pinçar, com sucesso, figuras de destaque e respeito do próprio funcionalismo ou, ainda, buscas especialistas nas universidades. Aos partidos, deveria ser reservada exclusivamente a nobre missão de fiscalizar, discutir e votar as medidas do governo, com toda independência, sem a promiscuidade política hoje reinante.

Do jeito que hoje se dá o relacionamento dos governos com os partidos e as casas legislativas, pode acontecer de tudo, menos o cumprimento da finalidade pública dos órgãos. Presidente, governadores e prefeito, em vez de irem buscar os melhores auxiliares para com eles colaborar na tarefa de governar, entregam os cargos aos indicados dos partidos. E os senadores, deputados e vereadores, diante do rabo preso de seus partidos, decorrente da ocupação de cargos no Executivo, não cumprem adequadamente a função de fiscalizar a coisa pública. O grande prejudicado por esse imenso balcão de negócios é o povo, que não recebe os serviços de seu direito.

O Brasil, hoje uma florescente economia, precisa corrigir seus vícios. Tem de direcionar a imensa carga tributária que cobra da população à realização de serviços públicos de qualidade. Precisa acabar com o loteamento da máquina administrativa e exigir que ela seja eficiente, jamais moeda de troca. Oxalá a presidenta, diante de tantos dissabores vividos nesse inicio de governo, tenha forças para nomear um ministro do Trabalho que tenha a ver com o setor e possa, a partir de então, fazer o mesmo nas futuras trocas, sem a interferência de partidos, centrais sindicais viciadas ou ongs suspeitas. É uma tarefa difícil, mas seria o grande legado do seu governo para a Nação...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) / aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK