Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Medidores humanos
 
Medidores humanos
18/10/2011 as 20:15 h  Autor gabriel perissé  Imprimir Imprimir
Transcrevo aqui alguns verbetes de um Dicionário da Medição ainda inédito.
Azarômetro — mede os infortúnios numa escala de 1 a 13.
Blefômetro — não costuma ser confiável.
Chorômetro — mede o choro e outros prantos, sem direito a chorinho.
Cronômetro — mede o tempo, mas nunca explicará por que um minuto de saudade é mais demorado que uma hora de prazer.
Darwinianômetro — instrumento de medição ainda em plena evolução.
Escolhômetro — mede nossas opções, seu alcance e suas conseqüências, mas trava em caso de hesitação.
Foucaultmetro — mede as palavras e as coisas.
Gotímetro — mede o que pode ser a gota d’água.
Gratidômetro — mede a verdade de um agradecimento.
Humildômetro — instrumento que só os orgulhosos têm.
Imaginômetro — mede o inimaginável.
Jargômetro — mede a língua dos especialistas.
Leiturômetro — mede o número de páginas lidas, deixando escapar o que fica nas entrelinhas.
Medímetro — mede o medo, numa escala que vai do receio ao pavor.
Memoriômetro — mede tudo, exceto a amnésia.
Nadômetro — mede o vazio que há em tudo.
Olhômetro — medidor sofisticado com que todos nascem, mede a altura da vida e a extensão do destino.
Orgulhômetro — instrumento que só os humildes têm.
Passômetro — mede o número de passos que já demos, calcula quanto de passado já temos e quantas vezes já passamos por um mesmo lugar... sem perceber.
Perguntímetro — o que é que esse instrumento mede mesmo?
Perplexômetro — mede a imensurável perplexidade humana.
Psicômetro — quando usado por psicólogos para medir a alma de seus pacientes, quebra.
Pugilômetro — mede a força do murro em ponta de faca, do soco que se leva, do tapa na outra face oferecida.
Quantímetro — vale quanto mede.
Reflexômetro — mede a profundidade das mais incríveis reflexões.
Rotinômetro — mede o tédio, mas sujeito a quebra se for alterado.
Sismômetro — mede os abalos sísmicos; não confundir com o cismômetro, que mede as cismas que nos abalam.
Tensiômetro — mede a tensão dos ambientes.
Termômetro — mede a temperatura... e a preocupação das mães.
Umbigômetro — mede a generosidade humana.
Variômetro — mede várias coisas que jamais saberemos medir.
Vergonhômetro — aparelho em falta na terra dos sem-vergonhas.
Voltômetro — mede as voltas que o mundo dá.
Xongômetro — não mede coisa nenhuma.
Zerômetro — mede abaixo da média.

Gabriel Perissé é doutor em Educação pela USP e escritor.
Website: www.perisse.com.br
http://www.correiocidadania.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK