Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Barreiras/Bahia > DOIS INCÊNDIOS GERARAM PÂNICO, PERPLEXIDADE E PREJUÍZOS A MORADORES DE BARREIRAS
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
DOIS INCÊNDIOS GERARAM PÂNICO, PERPLEXIDADE E PREJUÍZOS A MORADORES DE BARREIRAS
10/10/2017 as 18:23 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

  FOGO NO CAB/BARREIRAS /
VEJA O VÍDEO ABAIXO

O PRIMEIRO FOI NA MANHÃ DO DIA 09/10, NO
CENTRO DE ABASTECIMENTO DA CIDADE E O SEGUNDO,
NO INÍCIO DA NOITE, NOS FUNDOS DA EMPRESA DE
FORMAÇÃO DE VIGILANTES OESTE, À RUA
SILVA JARDIM, NO CENTRO  HISTÓRICO.


Empresa Oeste

O fogo no CAB teve início na madrugada, segundo testemunhas. A guarnição do Corpo de Bombeiros precisou de cerca de cinco horas para conseguir conter as chamas. Por sorte, ninguém ficou ferido, mas, os prejuízos foram muito grandes aos feirantes da área onde se vende condimentos, frutas, verduras, legumes e utensílios domésticos.

Segundo os bombeiros, a causa mais provável deve ter sido um curto circuito nas instalações elétricas, muito antigas em ambos os locais. Por sorte e perícia dos militares, ninguém chegou a ser machucado.

Alguns feirantes acabaram perdendo tudo, tanto produtos quanto dinheiro, que alguns deles haviam guardado em seus boxes. Porém, o maior prejuízo foi mesmo o de mercadorias e hortaliças.

O da Empresa Oeste, próximo à Praça Duque de Caxias, Centro Histórico, teve início na parte dos fundos, onde fica o arquivo morto da firma. Segundo uma funcionária que não quis se identificar, “no finalzinho do expediente, notamos um forte cheiro de queimado. Quando demos conta, verificamos que era na área posterior do imóvel. Por sorte os bombeiros chegaram bem rápido e logo apagaram as chamas. Creio que alguns documentos tenham sido queimados, porque foi onde ficam nossos arquivos mortos. Graças a Deus, ninguém se feriu”, confirmou.

O prefeito Zito Barbosa, em entrevista à imprensa local, garantiu que as instalações para os feirantes serão reconstruídas em 80 dias. Desta vez, com total segurança e inspeção do Corpo de Bombeiros, para que não venha a acontecer este tipo de evento tão nocivo a toda a sociedade.

Agora, dois incêndios no mesmo dia será uma triste coincidência, ou porque a cidade já cresceu demais, favorecendo este tipo de ocorrência?

O problema nessas edificações antigas, muito comuns em locais mais velhos da cidade, é exatamente a rede elétrica, com cabos muito antigos e que se deterioram com a ação do tempo e o uso constante. Outro fator preponderante também são as armações de madeira, principalmente na cobertura dessas construções. Emadeiramento muito antigo e ressequido é um material de alto risco de combustão, ainda mais nessa época de seca, quando a umidade do ar chega a níveis de deserto, abaixo de 20%. O ideal para o bem estar do nosso organismo, recomendado pela Organização Mundial de Saúde, é de 60%. Muito longe dos índices registrados em nossa região.

Só nos resta agora torcer para que não aconteçam mais incêndios com tanta frequência. E contar com os salvadores do Grupamento de Bombeiros Militares, pois, eles sempre acabam sendo denominados de heróis por quem passou pelo vexame das labaredas ou outra situação de risco. Muito triste e doloroso saber que alguém perdeu a vida no meio das chamas. #SemComentário sobre esse tipo de fato.


O fogo no Centro de Abastecimento de Barreiras (CAB) precisou de cerca de cinco horas para a guarnição do Corpo de Bombeiros conseguir conter as chamas. Por sorte, ninguém ficou ferido, mas, os prejuízos foram muito grandes aos feirantes do local.

Por Demetrius Macêdo
Repórter Interbairros

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

Enquanto outros Presidentes da República sempre trabalharam mesmo nas condições adversas que o próprio mundo político impõe a todos pelas disputas, para atender às demandas do seu tempo, levando em consideração sempre o que fosse melhor para os brasileiros, Michel Temer como...
O título foi tirado de uma entrevista do jornalista e escritor Walter Pinheiro, presidente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e diretor do Jornal Tribuna da Bahia, comemorando os 47 anos de existência desse importante órgão de comunicação. Após relembrar os tempos de luta, Pinheiro ressaltou que todos que nele trabalham sempre estiveram juntos, e que, nessa caminhada, a Tribuna, com certeza, completaria seus...
Quanto mais aprendemos, mais sabemos que sabemos muito pouco. Há anos o Brasil vem sendo criticado por jogar muito carbono na atmosfera por meio das queimadas. O fogo é o principal bandido nessa história. Sempre há relatos em jornais, revistas, rádio e telejornais de que aumentou ou...
No próximo ano teremos eleições. Como um ato de rotina voltaremos às urnas como fazemos há muitos anos nesta democracia que construímos. Mas essa não deve ser considerada uma eleição como outras.  Há uma possibilidade real de que possamos fazer uma reforma política de fato, encerrando os mandatos daqueles políticos que se envolveram em corrupção e tráfico de influência, traindo o voto popular. Votar é fundamental. É através...
No dia 20 de outubro é comemorado o dia do poeta, esse ser estranho e singular, iluminado, que vê a vida com o coração e a alma, e tenta passar essa visão a todos aqueles que tiverem sensibilidade para recriar a sua visão. Então quero enviar a minha homenagem a todos os bardos deste...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK