Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Pauta Livre > RECONHECIMENTO E GRATIDÃO!
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
RECONHECIMENTO E GRATIDÃO!
14/07/2017 as 17:33 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Dário Landulfo Novais, o  popular seu Dário Dentista
Caro Leitor!

No mundo atual em que vivemos, diante de constantes desafios que enfrentamos no dia a dia, nos impõe a refletirmos de forma incomum em busca dos valores arraigados no passado para fortalecermos o presente e o futuro.

Baseado no contexto acima nos faz lembrar expressões ditas no popular que “nós, após a morte, recebemos muito mais elogios, flores etc... do que em vida”.  

Isso me leva a um questionamento: o porquê das homenagens após a morte?

Culpa? Falta da atenção devida ao próximo?...

No meu entender, as homenagens atribuídas a alguém após a morte têm a ver com sentimentos de culpa, arrependimentos ou coisa parecida.

Certamente não quero aqui generalizar tais atitudes.

Neste pequeno texto me proponho humildemente homenagear um cidadão, nascido na cidade de Mucugê (BA), que com atitudes futuristas e de muita coragem, em meados da década de 60, mudou-se de  uma cidade da Chapada Diamantina com sua família para o oeste da Bahia, com a perspectiva de melhores condição de vida.

Cidadão este, talvez o mais conhecido de Barreiras e, que merece dos barreirenses aplausos pelos adjetivos que carrega consigo, tais como: simplicidade, generosidade, amigo, de todas as horas, mansidão, humildade e muito outros...

Destaco aqui a humildade como sendo a virtude que muito bem define o perfil desse valoroso homem em sua trajetória de vida.

Como político conquistou o povo barreirense ocupando uma cadeira no Legislativo por dois mandatos; presidiu a Câmara Municipal, fazendo valer suas propostas e seus projetos. Ocupou também o cargo, por várias vezes, de prefeito interino deste município.

Além de tudo isso, o Sr. Dário carrega consigo uma veia artística, tendo sido instrumentista do 4º BEC, como também atuou na Filarmônica 26 de Maio.

Um exímio tocador de sax.

Hoje com 84 anos, o Ilm.º  Senhor DÁRIO LANDULFO NOVAIS, o  popular seu DÁRIO DENTISTA, ainda continua a batalhar para o sustento da família cuidando carinhosamente dos filhos, netos e bisnetos.

Como se não bastasse, com sua inesgotável energia, ainda ajuda muitas pessoas carentes. Dentre elas jovens que querem aprender a profissão de protético; adultos e idosos que buscam atendimento e, que nem sempre tem a condição de pagar pelos serviços prestados.

É evidente que esse cidadão generoso, diante de todas as virtudes aqui citadas e com seu jeito humano de ser, é verdadeiramente um exemplo a ser seguido e merece todo o nosso reconhecimento, em vida.

Parabéns Sr. Dário, pelo sua conduta e sua postura de cidadão honrado e honesto, merecedor, portanto de todo o nosso respeito e consideração.





José Cláudio.
Administrador de empresas

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Montesquieu, em seus pensamentos, ensinava: “Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se são executadas as que há, pois existem boas leis por toda a parte”. E Sólon, o filósofo grego, ao ser perguntado se outorgara aos atenienses as melhores, saiu-se com esta resposta: “dei-lhes as melhores leis que eles podiam aguentar”. As duas pequenas lições calham bem no momento vivido pelo país. Primeiro, por refletir o estado...
Este ano teremos eleições para presidente e governadores. Todos, sem nenhuma exceção, farão duas promessas: reduzir a pobreza e reduzir o desemprego. Esses são os dois maiores flagelos sociais brasileiros. Ainda que todos digam as mesmas coisas e façam as...
O presidente Michel Temer afastou quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal, investigados por irregularidades apuradas pela Operação Greenfield, do Ministério Público Federal. O Conselho da instituição se prepara para assumir a tarefa de nomear e demitir esses...
Em 21 de janeiro celebra-se o Dia Mundial da Religião. Em artigo publicado na Folha de S.Paulo na década de 1980 arguido por um leitor se não sectarizaria a minha palavra o fato de, em meus escritos, dar muito valor à Religião, escrevi: Não vejo Religião como ringues de luta livre, nos...
Na medida em que vamos caminhando e construindo a nossa vida, também vamos deixando rastros. Os rastros são as marcas que deixamos. Podem ser marcas de amor e podem ser marcas de dor e desgosto. Perguntar a si mesmo sobre que rastros eu estou deixando é muito importante...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK