Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Dicas de Leitura > Dicas de Leitura > Romance inspirado pela musicoterapia
 
Romance inspirado pela musicoterapia
19/08/2021 as 16:59 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças.
 
A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável pela trilha sonora do romance A Melodia dos Sonhos. Quem escuta é a jovem asiática Sayuri e o pianista Tomás, protagonistas deste romance. Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, o lançamento ficcional promove o poder da música como intervenção para cura das doenças.
 
O assunto entrou na vida da escritora Juliana Marinho por meio do trabalho de conclusão de curso da pós-graduação em Psicologia Positiva, Ciência do Bem-estar e Autorrealização. A prática é apresentada aos leitores quando Sayuri busca pela musicoterapia para melhorar dos constantes episódios de ansiedade, dores no peito e bloqueio social. 
 
 
A música ativa certas regiões do cérebro que estão relacionadas à memória, aprendizagem e atenção. Também libera um produto químico no cérebro chamado dopamina, que melhora o humor e reduz a ansiedade — ele me explica com propriedade de quem sabe o que está falando.
— Você percebe a transformação do seu corpo com a música, Sayuri? 
(A Melodia dos Sonhos, pág. 88) 
 
 
A protagonista conhece o jovem músico após ser forçada a sair de casa para uma reunião presencial com fornecedores. Devido à dificuldade social, Sayuri trabalha home office e almeja expandir os seus negócios on-line, no ramo de projetos arquitetônicos – o mundo digital é o esconderijo perfeito para que ela oculte as dores e distúrbios. Já Tomás nutre o sonho de fazer parte de uma grande orquestra. A música, além de ser o elo entre eles, será o gatilho de transformação e cura na vida do jovem casal. 
 
Juliana Marinho é conhecida por escrever o que vive de suas viagens, na história local e sobre os diferentes costumes. Autora de outras três obras “Quatro estações”, “O Vestido de Época e Conexão” e “A Chave do Verdadeiro Amor”, seus livros são um convite ao leitor para passear no cenário narrado, explorar os pontos turísticos e a criatividade. 
 
FICHA TÉCNICA 
Título: A melodia dos sonhos 
Editora: Lura 
Autora: Juliana Marinho 
ISBN/ASIN: 978-65-8626-76-6
Formato: 14x21cm
Páginas: 160 páginas 
Preço: R$ 45,00  
Link de compra: Juliana Marinho
 
Sinopse: Os sentimentos de alegria e gratidão expandem o coração e nos conecta com o todo. Sayuri é uma jovem asiática que mora na cidade de São Paulo e almeja expandir os seus negócios online, no ramo de projetos arquitetônicos. O mundo digital é o esconderijo perfeito para ela ocultar as suas dores e distúrbios. Tomás é musicista e seu maior sonho é viver do seu talento e fazer parte de uma grande orquestra. Estimulado pela avó, ele se inscreve para um teste que poderá mudar o curso da sua vida e de quem cruza com ele. A música além de ser o elo de união entre eles, será o gatilho de transformação e cura na vida do jovem casal. 
 

Sobre a autora: Juliana Marinho é formada em Relações Públicas pela Faap, Pós-graduada em Psicologia Positiva e Ciência do Bem-estar e cursou Civilização Francesa na Université de la Sorbonne, em Paris. Em 2019 participou da Antologia Romântica com o seu conto Elo de Esmeralda, publicada pela editora Lura. Ela nasceu em São José dos Campos e hoje mora em São Paulo com a filha e o marido.
Comente via Facebook

Mais Dicas de Leitura
img

img
RSS  Artigos Artigos

Hoje, 21 de setembro, mais uma vez, como indica a tradição, o primeiro discurso na Organizações das Nações Unidas (ONU) cabe ao Brasil e, por isso, novamente, o Presidente Jair Bolsonaro ocupou a tribuna para suas considerações. Antes, porém, de deslindar sua fala, cabe, ainda que breves, algumas poucas observações acerca da comitiva presidencial em solo norte-americano. O Prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chegou...
O setor de educação vive um momento instigante. Com a pandemia, todo mundo fez o possível para se adaptar. No ensino privado, com mais recursos, houve uma corrida para preservar as atividades com a estruturação, relativamente rápida, de ambientes de aprendizagem...
A crise político-institucional brasileira assumiu contornos dramáticos a partir da assunção de Jair Bolsonaro à presidência da República, em 2019. Desde então, o país - que já experimentava os efeitos nefastos da deposição farsesca da presidenta Dilma Rousseff, em 2016, ao cabo de um processo de impeachment juridicamente forjado - afundou numa espiral interminável de atos insensatos e grotescos protagonizados pelo próprio...
Afora a celebração de caráter histórico – o 199º aniversário da Independência – viveremos nesse 7 de setembro a preocupação com o equilíbrio institucional. A querela entre Executivo e Judiciário, protagonizada pelo presidente da República e ministros do Supremo Tribunal Federal, e a...
A pele já não sente os beliscões. Ganhou camadas impermeáveis de insensibilidade. Não reage aos impactos externos, sejam beliscões ou amputações. Crise sanitária era uma gripezinha. Hoje, uma pandemia que mata cerca de 600 mil pessoas. Crise política? Ah, essa vem de lá dos corredores do...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK