Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Da Redação/Editoria > É urgente ascender o sinal de alerta... Em Barreiras é alarmante o descontrole da proliferação de Covid-19
 
NOTCIAS DO DIA... NOTCIAS DO DIA...
É urgente ascender o sinal de alerta... Em Barreiras é alarmante o descontrole da proliferação de Covid-19
15/05/2021 as 12:46 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Imagens registradas no último dia 2, denuncia o intenso fluxo de pessoas e carros
em uma dos principais bairros de Barreiras.
Foto: Tenório de Sousa

Barreiras precisa URGENTE ligar o sinal de
ALARME! Seu Sistema de Saúde está COLAPSADO! Se um
dos infectados que aumentam diariamente necessitar de um leito de UTI, seja por causa da Covid-19 ou de outra
enfermidade corre o imenso risco de falecer



A falta de fiscalização estimula a indisciplina de moradores para com as medidas
de combate a proliferação do vírus pandêmico.
Foto: Tenório de Sousa

Quando a Covid19 desembarcou no Brasil deixou um rastro de insegurança, medo, ansiedade e muitas dúvidas. Em Barreiras não foi diferente, por alguns dias suas atividades comerciais na sua maioria foram suspensas. Nos seus principais centros nervosos onde o fluxo de pessoas e de veículos era intenso nos horários de pique ficaram praticamente sem movimento. Fato que foi registro de capa da edição 797, de 16/03/2020, do Novoeste Impresso. Depois foram flexibilizados alguns segmentos do comércio que estão funcionando até hoje como se tudo estivesse normal na cidade. Às vezes, a sensação que nos dá é que não existe nenhum vírus se proliferando pela cidade.

Vale recordar que Barreiras registrou a primeira pessoa infectada pela Covid-19 no dia 21/03 do ano passado. Na época, como era pouco conhecida, o caso fez com que as autoridades sanitárias locais tomassem medidas severa de prevenção e monitoramento da doença. Cerca de três meses depois, exatamente no dia 13/06, também do ano passado, o município confirmou a primeira morte pelo coronavírus.

Relembrando o dito anteriormente, a aceleração do surto pandêmico no Brasil tem sido uma das mais graves do mundo e tende ficar ainda mais pior. Em Barreiras, não está sendo diferente, as autoridades não têm praticamente adotado ações pontuais de combate a propagação da doença pelo município. Não é à toa que os números de infectados e de mortes em decorrência da pandemia são crescentes a cada dia.

E assim passaram alguns dias... Atualmente, a situação dos últimos dias em Barreiras se encontra, por causa do aumento dos casos e de mortes pela doença, é crítica. Diversas pessoas têm me perguntado o que poderia está acontecendo com o governo municipal que praticamente tem relaxado no monitoramento e no combate a proliferação da doença pelo município. Respondi que não sabia. E não sei mesmo. Meu palpite é que os governantes locais estão cansados da indisciplina, da desinformação e do descaso da população para com as medidas restritivas impostas pelo município e os males que o vírus pandêmico pode causar a seus familiares.

No momento, o município adota apenas o toque de recolher imposto pelo governo estadual e, como foi dito anteriormente, depois de mais de dois meses, ainda não surtiu o efeito objetivado. Para os críticos, esse tipo de medida não deu certo em local nenhum do país porque as restrições abrangem apenas o período noturno, sendo que é durante o dia onde o fluxo de pessoas e de veículos é mais intenso devido a flexibilização das atividades comerciais. Inclusive, em alguns principais bairros periféricos onde o risco de propagação do vírus é mais evidente.

É o que demonstra quando compara os registros municipais da doença de 2020 com os quatro meses de 2021, conforme publicados nos Boletins de Resultado Covid-19 da Secretaria Municipal da Saúde de Barreiras que diariamente divulga sobre o avanço da doença no município. Assim, igualmente registrado no âmbito estadual, o município também tem anunciado sucessivos números elevados de novos casos e de mortes pela pandemia, nos últimos meses.

O último Boletim de Resultado Covid-19 de 2020, sobre a doença em Barreiras, divulgado no dia 31/12, registrou que município encerrou o ano com 8.076 casos de infecção e 105 mortes pela doença. No fechamento desta edição, dia 30/04 deste ano, o município chega a 12.371 barreirenses infectados e 175 vitimados pela doença. Os dados municipais atuais da Covid-19, mostram que foram inferiores com relação às demais esferas da federação. Nestes quatro meses de 2021 comparando com o ano 2020, Barreiras teve um aumento de 70 (66,66%) barreirenses mortos e 4.295 (53,18%) casos de contaminação do vírus pandêmico.

Voltando a triste realidade local do momento, mesmo não declarado publicamente pelo governo municipal, no entanto os números se manifestam por si só, é preciso alarmar pelos cantos do município que seu Sistema de Saúde está COLAPSADO, que não tem mais leitos de UTIs, nem leitos clínicos, estão todos 100% ocupados.

Atualizando... No decorrer de 14 dias, de 1º a 14 de maio, foram 1.684 barreirenses infectados e 37 que perderam a vida. Ontem (14), Barreiras passou dos 14 mil casos diagnosticados, os quais tem aumentado a cada dia, e, repetindo o dito acima, os leitos UTIs e clínicos, sucessivamente, tem sido 100% ocupados. O que demonstra o quanto é grave a situação no município. No entanto, as autoridades sanitárias locais ainda não ascenderam o sinal de alerta.

O que é mais grave... O que escancara o aumento da proliferação da Covid-19 pelo município, é o número registrado até ontem (14), de 1.270 pacientes infectados pela doença em acompanhamento médico, sendo que 44 estão internados nas unidades Covid-19 do município e os demais em isolamento domiciliar. É de nosso conhecimento que alguns dos doentes em isolamento domiciliar estão tomando oxigênio em suas próprias casas. Portanto, se por acaso, um desses pacientes necessitar de um leito para ser entubado, seja por causa da Covid-19 ou de qualquer outra enfermidade corre o enorme risco de falecer, como já tem ocorrido no município.

Por Tenório de Sousa/Da Redação

Comente via Facebook

Mais Not�cias
No h comentrios.
img

img
RSS  Artigos Artigos

Feliz o casal que sabe ver-se com os olhos do coração. Para ele, o tempo nunca passa. A Beleza e o Amor são eternos. Doze de junho, Dia dos Namorados!  Quando a gente ama, as primaveras e alguns invernos (risos) vão passando, e até a aparência corporal não perde a graça. Falo de Amor, é claro!...
Qual a diferença entre amar a Deus e amar as pessoas? O amor é o mesmo? O amor toca os nossos sentimentos, mas há diferenças. Os gregos, na filosofia, tinham uma forma de falar do amor que nos ajuda um pouco a entender os diferentes sentidos do amor. Usavam, ao menos, três termos...
Fome é mais do que uma sensação. É uma desgraça que aflige os humanos que não tem o que comer, ingerem alimentos insuficientes para suprir as necessidades da vida. O resultado dela se mede socialmente e apenas os insensíveis não se indignam pelo fato de viver entre famélicos. Quando estes governam a sociedade, é mau sinal. Na literatura, a fome foi retratada pelo escritor norueguês Knut Hamsun, em livro publicado no ano de...
As incertezas decorrentes da gestão temerária do atual governo estão por levar a rede de universidades e institutos federais ao colapso administrativo. Esse desmonte faz parte de um projeto maior que representa a destruição de grande parcela do serviço público oferecido pelo Estado - que pode culminar com o fechamento de diversas unidades pelo Brasil. É o caso da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A morte anunciada da UFRJ, porém,...
Vai ter golpe de Estado? Vão derrubar o Bolsonaro? O Bolsonaro vai fechar o Congresso e o Supremo Tribunal Federal? E as Forças Armadas, em que lado estão nisso? Essas indagações tornaram-se rotineiras nas últimas semanas. Frutos da intensa e irresponsável polarização política que...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
Eleito pela Amazon um dos melhores livros do ano, A verdade segundo Ginny Moon é inspirado na história da filha adotiva do autor Benjamin Ludwig, que convida o leitor a refletir sobre a inclusão. A obra, que já foi publicada em dezenove países, chega ao Brasil pela...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK