Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A notícia ruim e o equilíbrio na comunicação
 
A notícia ruim e o equilíbrio na comunicação
25/05/2019 as 09:42 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&a  Imprimir Imprimir
Descoberto o poder das redes sociais – que tiveram participação clara nas eleições de Donad Trump, Jair Bolsonaro e outros governantes sem tanta visibilidade entre nós – parece que a mídia tradicional, incomodada, é levada a reagir e, pela massificação, tentar impor suas verdades e posições. É um fenômeno que ganha volume e causa preocupação. Para as redes sociais, o mundo inteiro ainda busca uma regulação equilibrada, que parece estar longe de ser conseguida. De outro lado, a mídia estabelecida luta para manter seu papel - que durante décadas a colocou com toda razão na condição de “quarto poder” - mas tem dificuldades para atingir seu grau de eficiência e rentabilidade. Principalmente porque, em certos momentos, chega a refletir vícios adquiridos nas três décadas de governos voltados à esquerda, sendo acusada de abrigar ativistas no lugar de profissionais.

Como resultado, membros dos três poderes são frequentemente citados como maus exemplos. E, sem a oportunidade de se defender ou, por comodidade, o fazem pelas redes sociais, que acabam repercutidas na mídia geral e ganham força maior do que se a justificativa fosse produzida como contraponto às citações pelos próprios jornais, revistas, rádios, TVs e produtoras de conteúdo. Entramos no perigoso cenário em que o veículo de comunicação – justa ou injustamente – se afasta da neutralidade e passa a integrar a contenda. Com isso, perdem todos. Os citados que se transformam em alvos, a mídia levada a “ter lado” nas discussões, e a população que se sente privada de informação isenta.

A maioria dos veículos de comunicação – notadamente os jornais – nasceu vinculada a correntes políticas. Isso ainda ocorre em alguns países e nada tem de anormal, pois tem o  conhecimento do leitor. No Brasil, com o passar do tempo e as mudanças político-sociais, optou pela neutralidade e imparcialidade, que até hoje figuram como bandeiras da comunicação, mesmo sofrendo veladas contestações. A radicalização atual conduz à necessidade de nova definição da verdadeira função da mídia;.se continua com o viés de defesa dos interesses da comunidade ou assume  vinculação a grupos políticos, ideológicos ou sociais. É um momento crítico, que exige muita reflexão, equilíbrio e, até, algum senso de futurologia.

Embora estudos demonstrem a preferência do leitor, ouvinte ou telespectador por notícias ruins, também existem teses afirmando que a informação negativa potencializa o mau humor e torna negativo o dia do cliente. O Brasil de hoje carece de maior compromisso de todos com o coletivo e força para sair da crise. Potencializar a notícia ruim prejudica o conjunto da sociedade. Governantes, parlamentares, autoridades judiciais, empresariado, lideranças sociais e a mídia estabelecida precisam encontrar o ponto de equilíbrio, agindo pela paz e nunca pela guerra. E os usuários das redes sociais devem se abster de utilizar esses canais para a desconstrução política e social, sob pena de eles próprios figurarem como vítimas...
 


Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br             

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK