Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Como se sabe muito bem lugar de juiz não é na política
 
Como se sabe muito bem lugar de juiz não é na política
07/02/2018 as 16:24 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
A política como coisa em si é uma arte para poucos que sabem como ela funciona com suas vitórias e suas agruras. São poucos os que se arvoram a transitar no mundo político, porque os caminhos percorridos são todos tortuosos.

Como na política a menor distância não é a linha reta, quem entra nela e não sabe disso corre sérios riscos de ser queimado sem ver o fogo. Nos tempos recentes vimos dois casos interessantes de quem se arvora na política, e tem que tomar a decisão de ou ficar nela ou sair dela, porque ela exige exclusividade.

Trata-se da participação na política de notórios magistrados. No caso o atual governador do Maranhão, Flávio Dino, e do "homem espetáculo" da Rede Globo coordenador da famosa Operação Lava Jato, o juiz Sérgio Moro.

No caso de Flávio Dino, ele largou a magistratura, porque entendeu que lugar de juiz não é na política. Então preferiu a política ao judiciário, e naturalmente tornou-se um dos melhores administradores públicos do Brasil. Venerado politicamente cacifando-se para reeleição simbólica num Estado que sempre foi dominado por uma única família durante décadas.

No caso de Sérgio Moro a mosca azul lhe mordeu a alma, e não entendendo nada de política assumiu o papel de ser instrumento de forças políticas que por quatro eleições seguidas foram derrotadas nas urnas. E vem se dando bastante mal.

Sérgio Moro mexeu num vespeiro de abelhas tocando fogo, e se esqueceu que as abelhas sempre reconstroem suas colmeias. Atingindo em cheio em seu intento está a caminho de tirar do jogo eleitoral de 2018 a maior liderança da história recente da política brasileira, que é Lula.

Porém como ele não é político e continua juiz, vai se queimar aos poucos sem enxergar o fogo, e quem é da política vai continuar fazendo política com fogo para queimar. E como ele sem ser político tornou-se adversário político de forças políticas, já começou a receber os primeiros ataques.

Para terminar logo isso, o auxílio-moradia que ele recebe trabalhando e tendo residência fixa em Curitiba (moralmente ruim para quem discursa moralismo), e o subfaturamento de um apartamento triplex, também em Curitiba, já são suas primeiras dores de cabeça por causa da política. Provavelmente não ficará só nisso, porque política tem revanche!



Por Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK