Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Covardes Brasileiros
 
Covardes Brasileiros
28/11/2017 as 16:58 h  Autor J.A.Puppio  Imprimir Imprimir
Quando um covarde consegue o poder, não sabemos quando a covardia vai aparecer no cenário. O Covarde não enxerga o mal que faz, tanto  para o próximo ou para uma população inteira, o mais importe a ele é o poder que conseguiu.

E nesse cenário temos que reconhecer os diversos covardes que tomaram o poder em nosso país. Boa parte deles se vale do discurso de que foram escolhidos pelo povo, no entanto parece que eles não entenderam qual seu real papel diante da sociedade.

Os covardes brasileiros não percebem que podem provocar um simples percalço a uma pessoa ou um dano irreparável ao país. Eles não pensam nas consequências de seus atos, apenas no que tais atitudes podem lhes trazer de benefícios. E é sempre bom ressaltar que esses diversos benefícios são oriundos de dinheiro nosso, dinheiro que devia ser empregado na saúde, na educação, em infraestrutura, entre diversas outras coisas, mas que ultimamente tem servido apenas para pagar os desfrutes dos nossos covardes profissionais.

Esse sintoma tem tomado conta do Estado Brasileiro, para onde olhamos percebemos covardes profissionais, que pensam apenas em seus próprios umbigos, sem se importar com mais nada ou ninguém.

Todos os dias surgem novos covardes, as facilidades estampadas no noticiário chamam a atenção de quem tem a formação fraca e acaba preferindo os caminhos mais curtos e rentáveis, mesmo que esses caminhos nem sempre levem à glória. O objetivo dos covardes é alcançar a riqueza, independente dos meios utilizados, se no final eles estarão em um grande castelo cercado por luxos ou em um presídio não  importa, eles apenas querem conquistar e permanecer durante o tempo que for possível em um status de poder que jamais será alcançado por nós, meros mortais.

Mas não ache que crescer e permanecer em uma vida simples é ruim. Pense que tudo que nós, meros mortais, temos, é realmente nosso, conquistado com nosso suor de muito trabalho. É sempre bom ter a certeza da consciência tranquila, coisa que os covardes podem até fingir bem que não se preocupam, mas que fatalmente será cobrada em algum momento.

O fato é que a covardia é uma doença dos fracos que sempre está escondida no seu eu, independente de que raça seja: índio, branco, amarelo, negro, brasileiro ou de qualquer país, a covardia está entre os principais fatores do fracasso. Fracasso pessoal e fracasso de toda uma nação, que mesmo não tendo culpa, paga pelos erros desses que cometem tantos erros.




J.A.Puppio é engenheiro, empresário e autor do livro “Impossível é o que não se tentou”

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK