Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Lula 42% x 16% Bolsonaro. A lógica que não teria lógica de ser
 
Lula 42% x 16% Bolsonaro. A lógica que não teria lógica de ser
17/11/2017 as 17:49 h  Autor Nêggo Tom  Imprimir Imprimir
Segundo uma nova pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi, no final do mês de outubro, o ex-presidente Lula aparece com 42% das intenções de voto. Jair Bolsonaro, o mito, cantado em verso e prosa pela direita radical, como o único capaz de derrotá-lo, aparece com 16%. Eu tenho lá as minhas restrições quanto a esse tipo de pesquisa, mas confesso que dessa vez, tenho motivos para acreditar nesses números. Por quê?

Lula vem sofrendo uma caçada impiedosa há aproximadamente uns 3 anos. Já foi condenado com convicção, mesmo sem provas concretas contra ele. Já foi conduzido coercitivamente (ou seria midiaticamente?) para prestar um depoimento na sala de um aeroporto, quando, na verdade, bastava tê-lo convidado a prestar esclarecimentos, que ele teria ido. Mas era necessário produzir um "curta-metragem", para que a sociedade - ou pelo menos a parte dela, que nutre um ódio existencial por ele - assistisse, aplaudisse e se convencesse, de que estava diante do maior bandido da política nacional. Silvio de Abreu teria feito melhor.

A operação Lava-Jato, como podemos comprovar, se não foi uma farsa, abusou de apresentar fraudes processuais contra o povo brasileiro. Fatos distorcidos, teorias em power point, modificação do estado de algumas pessoas envolvidas em crimes, comprovadamente cometidos, corporativismo partidário e ideológico e outras mumunhas, que visavam induzir a sociedade ao erro de acreditar, que os únicos responsáveis pela corrupção no Brasil, eram Lula e a esquerda. A operação poderia ter sido batizada de "Lava Lula", assim, teria mais sentido funcional.

A direita se assanhou, os batedores de panela se encorajaram, saíram de suas varandas gourmet e foram às ruas, levando a tira colo suas bolsas de grife, seus óculos Gucci, suas bandanas Armani, suas camisas da CBF, seus poodles de estimação e até as babás de seus filhos. Essas, devidamente uniformizadas, é claro, para que não fossem confundidas com um deles. Até um filme - dessa vez, de fato cinematográfico - foi produzido para homenagear o Juiz encarregado de prender Lula, digo, responsável pela Lava Jato, e assim tentar transformá-lo no Clark Kent do judiciário nacional.

Em meio a isso, o povo vinha acompanhando uma sucessão de escândalos envolvendo integrantes de partidos aliados ao golpista mor, Michel Temer. PSDB e PMDB eram - e ainda são - os que mais cedem representantes para a seleção dos corruptos do país. Uma legião de craques na arte da diversidade de trapacear, de desviar dinheiro público, receber propinas e matar o povo de fome. Malas com 51 milhões de reais, grampos comprometedores envolvendo o presidente intruso, senador planejando matar o comparsa antes que este o pudesse delatar, juiz mandando soltar bandido de colarinho branco e por aí vai.

Mas o triplex do Lula é o símbolo máximo da degradação moral e política de nossa sociedade. Uma gente que não quis mais saber de quem era o helicóptero que transportava 450 quilos de cocaína. Que ergueu uma faixa "Somos milhões de Cunhas" - e talvez sejam mesmo - e bateu palmas para um dos maiores corruptos da história do país, apenas para extravasar o seu ódio, aos projetos de inclusão social criados por Lula, Dilma e pela esquerda e que ameaçavam os tradicionais privilégios dos herdeiros das capitanias. A revolta nunca foi contra a corrupção, mas sim, contra a possibilidade de aproximação do pobre de seus "domínios" e do seu seleto mundo.

Apesar dessa caçada implacável contra Lula e da tentativa espúria de criminalizar a esquerda, atribuindo exclusivamente a ela tudo o que de pior acontece no país - e que curiosamente, é o que sempre foi praticado pela direita, desde 1500 - o povo não se deixa enganar. Mesmo com toda manipulação de informações e de fatos, patrocinada pelos grandes empresários e reproduzida pela mídia tendenciosa, as pesquisas apontam Lula como favorito e disparado. Não é estranho?

Mesmo os golpistas tendo a máquina administrativa a seu favor e investindo pesado na destruição da imagem de Lula, não está sendo possível conter o seu avanço e a intenção do povo em conduzi-lo novamente ao planalto. Teve um jornalista da Isto É, que até sugeriu a morte de Lula, entendendo que só assim, ele não se elegeria presidente pela terceira vez. Ou alguém tem dúvidas de que Lula ganha essa eleição? Ou alguém acha mesmo, que essa pesquisa está sendo manipulada a seu favor? Se houvesse manipulação, com certeza, ela seria contrária.

Não estou defendendo o ex presidente Lula e nem ponho a minha mão no fogo por ele, mas na atual conjuntura política, diante das opções que se apresentam e por tudo que inegavelmente ele já fez pelo país - principalmente pelos menos favorecidos - ele, sem dúvida, é a melhor opção. Digo, até, que ele seria a salvação, diante do cenário caótico e sem muitas perspectivas de mudança que está diante de nós. O pós golpe retrata a destruição dos avanços conquistados nos governos Lula e Dilma e escancara um retroscesso, reconquistado com orgulho, pela parte da sociedade que nunca quis deixar de ser feudal.

Se a presidência for ocupada por Bolsonaro ou por algum outro candidato, cujas ideias sejam as mesmas ou se assemelhem às da direita golpista, escravocrata, totalitarista, elitista e hipócrita, voltaremos à idade média. Lula representa o óbvio, o lógico, em meio a tanto castigo que vem sendo imposto aos mais pobres, por parte dos neo colonizadores liberais. Ao mesmo tempo que não faz sentido a sua ascenção, cada vez maior, tendo em vista o processo de demonização o qual ele vem sendo submetido diuturnamente.

Dizem que a voz do povo é a voz de Deus. O que eu discordo totalmente. Mas eu estou quase acreditando que o povo sabe escrever certo por linhas tortas.




Nêggo Tom, cantor e compositor.
Fonte: https://www.brasil247.com/

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK