Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Lava Jato, MPDF e 10ª Vara perseguem Lula sem provas para afastá-lo de 2018, mas "esquecem" dos crimes da Globo
 
Lava Jato, MPDF e 10ª Vara perseguem Lula sem provas para afastá-lo de 2018, mas "esquecem" dos crimes da Globo
17/11/2017 as 17:47 h  Autor Davis Sena Filho  Imprimir Imprimir
"Todo o patrimônio de Lula tem origem legal, registrada e rastreada e já se encontra bloqueado por decisão do juiz Sérgio Moro". Sequer a denúncia do MPDF acusa o ex-presidente Lula de ter recebido qualquer valor ilegal"
(Assessoria do ex-presidente Lula).

A resumir: O MPDF e a 10ª Vara Federal do DF estão a fazer Lawfare e a intenção é indubitavelmente política e partidária, pois visa criar manchetes e criminalizar a imagem de Lula para que ele não concorra às eleições e muito menos as vença, a desviar o foco da população quanto aos crimes cometidos pelos seus inimigos e detratores, além de mantê-lo, incondicionalmente, na defensiva, de forma que ele fique sem tempo para retomar sua rotina política e social.

No caso em que Lula é investigado por favorecer montadoras por meio de uma medida provisória que originalmente foi assinada no Governo FHC e reeditada em seu governo, fica patente que tal MP visava levar montadoras para o Nordeste, a fim de descentralizar a economia nacional concentrada no Sul e principalmente no Sudeste, com maior destaque em São Paulo.

Realmente é um caso de perseguição política sem precedentes, bem como também Lula não favoreceu a compra de caças suecos Gripen, porque as naves foram adquiridas no Governo Dilma Rousseff, além de que são os técnicos da Aeronáutica e de outros setores do Governo Federal que têm conhecimento suficiente para tratar sobre aviões de guerra e não o Lula, a Dilma ou quem esteja na Presidência. Parece piada, mas só se for de mau gosto.

Os presidentes assinam as compras depois de serem orientados por quem entende do assunto, assim como concordarem. Presidentes lideram a efetivação das políticas públicas. Tratam de estratégias quando não são fantoches, ilegítimos e párias, como acontece com o golpista atual que tomou de assalto o poder. Presidente legítimos governam e não são pautados pela agenda midiática, como acontece com certa gente do Poder Judiciário e MPF.

Dito isto, vamos ao assunto sobre a Globo e as acusações sobre seus trambiques, além do Lula em pauta.

Não existe uma única pessoa com o mínimo de discernimento, tirocínio, sensatez e inteligência que não perceba que as "novas acusações" perpetradas pela Procuradoria da República no Distrito Federal, a pedido da 10ª Vara Federal de Brasília contra o ex-presidente Lula e seu filho são politicamente direcionadas e visam, sobretudo, a demonização do político, além de ratificar que interditar a candidatura Lula não é meramente política e partidária, mas, sobretudo, ideológica de fundo econômico.

Os operadores da Lava Lato, que quebraram principalmente a economia do Rio de Janeiro e afundou sua indústria naval, que empregava 80 mil trabalhadores, são os alicerces jurídicos e judiciários do golpe de estado, que não se consolida apenas com a deposição de uma presidente legalmente e democraticamente reeleita com 54,5 milhões de votos, porque ainda fica a faltar a peça mais importante dessa engrenagem diabólica, que se concretiza com a interdição da candidatura Lula em 2018, político que tem 42% das intenções dos votos, ou seja, mais do que todos os candidatos juntos, sejam eles dos campos da esquerda ou da direita.

A Lava Jato, que em Brasília tem o apoio político e sistemático da 10ª Vara Federal de Brasília, há anos useira e vezeira em criar fakes de enfrentamento a Lula e ao PT como o recente, que bloqueia R$ 24 milhões que o Lula não possui em dinheiro e patrimônio, até porque todos seus bens já foram bloqueados pelo juiz do PSDB, Sérgio Moro, tem como responsabilidade primordial evitar que um presidente de esquerda e trabalhista assuma o poder central pela via eleitoral e, consequentemente, retome os programas sociais, os projetos de soberania e independência para o País, revogue as privatizações (roubalheiras) do governo de quadrilheiros golpistas e volte a reafirmar a diplomacia independente das eras Lula e Dilma.

A Lava Jato e seus operadores são uma tragédia para o Brasil, conquanto os fiadores do golpe que mantém o Brasil no cabresto para que o establishment internacional volta a explorá-lo mais livre ainda do que nos tempos do governo entreguista e colonizado de FHC. Nunca, em tempo algum, um governo formado por bandidos, como o de *mi-shell temer, fez tanto mal aos interesses do Brasil e nenhum togado e meganha moveu sequer uma palha.

Roubam o Brasil inteiro, vendem e privatizam seus ativos, patrimônios e riquezas, mas não se ouve uma única declaração quanto mais investigação e denúncia por parte de juízes, procuradores e policiais, que, tragicamente, alienados e conservadores, pensam em apenas cuidar de seus interesses corporativistas e pessoais, além de se tornarem, conscientemente, um partido obscuro e de direita, que tem, volto a ressaltar, a finalidade de impedir que Lula seja candidato e vença as eleições presidenciais de 2018.

Por isto que essa gente não engana mais a ninguém, além das pessoas que apoiaram o golpe dos canalhas e ladrões, no fundo, por interesses próprios, até os abstratos, a despeito de seus preconceitos, valores e perversidades. É isto que importa e nada mais, porque o que realmente está a valer é que o Lula, a se deparar com perseguição e violência praticadas em forma de Lawfare por agentes públicos e plenos de intenções que até satanás duvida, seja impedido de conquistar a Presidência da República, mesmo a ter 42% das intenções dos votos.

Projeções praticamente consolidadas, realidade esta que chama a atenção até em âmbito internacional, e, com efeito, o faz liderar as pesquisas em todas as projeções, bem como o torna alvo contumaz do Judiciário e do MPF burgueses e compromissados com os papéis destinados aos seguranças ou feitores da casa grande, que trabalham intermitentemente para satanizar a imagem de Lula, desvalorizar seus feitos quando foi o presidente mais popular do Brasil, que saiu do poder com a aprovação de 87% da população e 92% dos jornalistas — um recorde mundial, a superar, inclusive, o líder mundial e histórico Nelson Mandela.

A ordem é parar o Lula de qualquer jeito, mesmo se tiver de mentir, manipular e distorcer as realidades para enganar a população. Mesmo se tiver de caluniar, injuriar e difamar e delinquir a usar toga em cargo público. E por quê? Porque está em jogo os interesses internacionais quanto às riquezas do Brasil e os da casa grande quanto ao controle do Orçamento da União e a consequente efetivação de políticas públicas supervisionadas e fiscalizadas pelo status quo nacional.

Impedir o Lula de ser presidente significa, sobretudo, dar continuidade, em 2019, por parte da direita ao desgoverno do golpista e usurpador *mi-shell temer, e, por sua vez, assegurar e garantir a transferência do patrimônio e do dinheiro públicos à iniciativa privada, que canta loas e boas à sua "competência", mas que está mais do que comprovado que o setor privado pratica propinas e subornos, assim como também a mamar nas tetas fartas do Estado nacional e dos estados da Federação, além das prefeituras.

Enfim, a burguesia brasileira vive das facilidades e benefícios dos orçamentos públicos, que são alimentados pelos contribuintes. O resto é conversa para boi dormir ou para trouxa ou coxinha acreditar, por inocência ou por má-fé. Ou ambas... A verdade, porém, que explica a perseguição feroz e injusta a Lula, porque até hoje não existem provas reais e materiais contra o líder trabalhista e de esquerda após quase quatro anos da Lava Jato, que iniciou bem seus trabalhos e se transformou paulatinamente em uma das maiores tragédias brasileiras é que o Judiciário comprovou, definitivamente, ser o feitor da casa grande.

O Poder Judiciário é regiamente bem pago para exercer esse lamentável papel de sabujo: garantir o status quo aos inquilinos do pico da pirâmide social. E suas mordomias pornográficas são, na verdade, o farol que ilumina seus olhos e seus interesses corporativistas, porque politicamente divorciado do povo brasileiro e há décadas embalado pelos braços maviosos da vida plena de facilidades, status, poder, dinheiro, influência e privilégios.

Ser juiz, procurador, promotor e delegado da PF no Brasil, a despeito dos problemas a enfrentar, é estar no paraíso, com direito a dar golpes de estado, rasgar e Constituição, criar a própria jurisprudência, mandar para o espaço o Estado Democrático de Direito, rasgar dezenas de milhões de votos de eleitores brasileiros, que não são coxinhas e que jamais confiaram na Justiça, no MPF e na PF, a partir da percepção que a Lava Jato não combate a corrupção doa a quem doer, porque tal combate é comprovadamente seletivo e parcial, como demonstrará em futuro próximo a história do Brasil, cujos leitores, estudantes e estudiosos não se deixarão enganar.

A Lava Jato de Curitiba e seus "golden boys", representados pela 10ª Vara Federal de Brasília, a ter a Procuradoria da República no Distrito Federal como instrumento de perseguição a Lula, a cometer Lawfare como arma política e partidária contra aqueles considerados inimigos, não puderam ver a Rede Globo, a cúmplice e companheira de combate político ser acusada de ser corrupta, sonegadora, criminosa, ladra ou o termo que o valha, além de reconhecidamente golpista.

Não apareceu para ser iluminado pelos holofotes da imprensa brasileira de mercado mais corrupta e golpista do mundo ocidental um único procurador do MPF do powerpoint leviano e mentiroso ou juiz de primeira instância seletivo, parcial e aliado de tucanos ou delegado aecista a fazer política em plena eleições de 2014 se movimentou para dar declarações sobre os crimes pelos os quais é acusada a família Marinho, cujas mídias infernizam a sociedade brasileira desde 1925, ano da fundação de O Globo.

Nenhum dos togados e meganhas se prontificou para pelo menos comentar as bandalhas criminosas "supostamente" de autoria do recentemente afastado ex-diretor da Globo Esporte, Marcelo Campos Pinto, hoje um homem "exilado" pro decisão de seus patrões, que tinha em sua posse procuração e autorização para negociar em nome dos Marinho e que está a ser acusado de pagar propinas de R$ 50 milhões a dirigentes de futebol para beneficiar o oligopólio de comunicação, que tem o monopólio de transmissão de quase todos os campeonatos de futebol, bem como de todas as modalidades de esportes. A Globo está a ser acusada e denunciada por comprar pessoas e se aliar a empresas para monopolizar os esportes e lucrar bilhões com seus "supostos" crimes.

A denúncia do advogado, empresário e delator argentino, Alejandro Buzarco, preso nos Estados Unidos não deixa pedra sobre pedra, porque se trata de denúncias realmente contundentes e detalhadas, que demonstram, ipsis litteris, os valores monetários e os caminhos criminosos de empresários de mídias donos de oligopólios associados a dirigentes e empresários atravessadores, que faziam a ponte entre as duas pontas, de forma que se concretizasse a roubalheira, as ilegalidades, as ações de corrupção que, obviamente, caberiam em forma de muito dinheiro nos cofres dos paraísos fiscais.

Cadê os procuradores, juízes e delegados de Brasília, Rio de Janeiro, Paraná e São Paulo, que são os que mais participam da caça ao Lula e ao PT? Escafederam-se?! Então é assim, quando se trata do PT, de Lula, de seu filho ou de qualquer pessoa, instituição, entidade ou setor da sociedade que mantenha relações com o ex-presidente e lideranças do PT, os feitores da alta burguesia surgem como rápidos como raios e deitam falações acusatórias sem provas materiais, porque "não vem ao caso" e por causa de suas inquestionáveis "convicções", como se fossem deuses a usarem ternos e gravatas.

Agora, quando se pensa nos sócios dos Marinho, nas pessoas blindadas de Ricardo Teixeira, J. Hawilla, Julio Grondona (no passado e já falecido), João Havelange (no passado e já falecido), Marco Polo Del Nero e José Maria Marin, preso nos EUA, dentre outros, percebe-se nitidamente e claramente que a Globo e suas sócias, Fifa e CBF, têm muito a explicar sobre propinas, sonegações, falsidade ideológica, primazias e privilégios, dentre um elenco de crimes perpetrados, segundo as autoridades policiais e judiciais dos Estados Unidos e que investigam a roubalheira no mundo do futebol mundial, onde vicejam empresas monopolistas e golpistas como a Rede Globo de Televisão, do Grupo Globo, que já foi chamado também de Organizações(?)... Organizações de quê, cara pálida?

A verdade é esta: toda vez que alguém, pessoa jurídica ou física, que participou do golpe de estado contra a Dilma Rousseff e é pego com a mão não botija do crime, rapidamente, ou tão rápido quanto ao The Flash, surgem os batmans da Lava Jato ou de varas federais estabelecidas nos estados da Federação para "socorrê-los" e tirar o foco da população sobre as denúncias contra alguém que deve ser blindado, a exemplo dos políticos do PSDB e de certos empresários, principalmente dos meios de comunicação privados, que são tratados como pessoas inimputáveis pela Justiça e pelo MPF, talvez porque tais sujeitos tenham acesso direto a Deus e por isso não respondem por seus crimes comuns e golpes de estado.

Agora quando se trata do Lula e dos R$ 24 milhões que ele não tem e por isso não seria necessário a Justiça a pedido do MPF confiscar suas contas e seu patrimônio, até porque o Lula já teve seus pertences congelados, o Judiciário não satisfeito se volta para o Museu do Trabalhador. Tudo que é ligado a Lula é criminalizado e, na mesma dimensão de tal perseguição canina, nada é comprovado, porque existe um problema grave para as emboscadas da Justiça, do MPF e da PF: o Lula não roubou.

Por causa de realidade tão importante e contundente, ele será candidato, pois tem 42% das intenções dos votos e seria inacreditável que tais togados não sigam e não obedeçam os preceitos da Lei e sua ordem dispostos nas páginas da Constituição e do Código Penal. Não sei o que essa gente tem na cabeça, mas é certo como dois e dois são quatro que mais cedo ou mais tarde o Poder Judiciário e o MPF terão de se reinventar, pois, do contrário, a desmoralização dessas instituições, comprovadas (e serão) em futuro próximo, quando a direita novamente perceber que o Lula é o centro e somente ele terá condições políticas de negociar e aglutinar as diferentes correntes e interesses em um novo pacto político, que se dará com o restabelecimento da Constituição, do respeito ao Estado de Direito e com a retomada da democracia.

A direita é pragmática e não dá ponto sem nó, porque só tem compromisso com concentração de patrimônio e de dinheiro, pois que se dane o resto, como comprova com o desgoverno de *temer. Ela irá negociar para acomodar todas as forças políticas, processo que também foi realizado a partir de 1988 com a promulgação da Constituição, à frente o deputado Ulysses Guimarães. É neste momento que os golden boys da operação Lava Jato e seus associados perceberão o quanto são analfabetos políticos e açodados. O golpe, além da desnacionalizar o Brasil, serviu também para livrar bandidos da cadeia e humilhar o País perante a comunidade internacional. Ponto.

O tempo passa e a Globo diminui gradativamente a veiculação de notas e de explicações através de seus jornais televisivos, de forma que tão graves acusações de corrupções fique apena no âmbito dos sites e blogs da internet, que todos juntos são lidos por milhões e milhões de pessoas. Então, não irá adiantar, porque um dia esse pessoal seletivo, partidário, parcial e injusto da Lava Jato, que tem a chancela do STF e da PGR terão de dar satisfações à Nação, porque a credibilidade e a confiança do povo quanto aos servidores públicos dessas instituições e corporações são cada vez menores. Pode acreditar...

Não acredita, cara pálida? Pois veja, então, a diferença de intenção de votos do Lula e todos seus adversários. Não confunda opinião publicada e falada com opinião pública, porque você poderá cair do cavalo ou a vaca ir pro brejo. Ninguém é bobo o tempo inteiro ou a vida inteira. Ninguém quer pagar de otário. As pessoa enxergam, olham, veem e ficam com os olhos bem abertos e o olhar a alcançar os limites dos horizontes.

A Globo e a família Marinho terão de pagar pelos seus crimes, se forem comprovados, bem como o Lula terá direito a recorrer de crimes açodadamente e covardemente imputados contra ele sem provas materiais e concretas. Se o Lula cometeu crimes, que provem e coloquem-no na cadeia. Porém, façam a mesma coisa com a família Marinho e todos aqueles que estão livres, leves e soltos, blidados pela Globo e pelos togados e meganhas, a rirem da cara do povo brasileiro.

Não esqueçam também, togados e meganhas patrulheiros do Brasil, dos sócios principais dos Marinho: a família Sirotsky, a controladora da Globo na região Sul do País e denunciada igualmente em casos de corrupção. É isso aí.




Davis Sena Filho
, editor do blog Palavra Livre
Fonte: https://www.brasil247.com/

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK