Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O derretimento político da Rede Globo
 
O derretimento político da Rede Globo
02/11/2017 as 09:47 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
Mesmo apática politicamente sem nenhuma reação diante de tantos desatinos do governo de Michel Temer e sua turma estranha que assaltaram o poder, a sociedade brasileira vem dando claros recados aos mandatários do poder, aos mandatários da imprensa tradicional, bem como aos empresários que acham que o Brasil é somente deles e nada mais, de que em 2018 as coisas não ficar do jeito que eles querem.

Resultado disso tudo foi o que disse a última pesquisa Ibope, que coloca Lula já vencendo as eleições presidenciais em primeiro turno, bastando que não se coloque o nome do candidato da Globo nesse balaio e somente um nome do PSDB no jogo. Outra prova clara de que a população não está caindo nessa armadilha de nomes cheirosinhos inventados pela Rede Globo é a pesquisa do Instituto Paraná dizendo que 60,4% dos brasileiros não querem Luciano Huck como candidato a nada nesse país.

A Globo sempre conseguiu quase tudo em matéria de política nesse país, mas pelo visto como suas maracutaias jornalísticas não está  mais convencendo, principalmente ao querer inventar um apresentador mediano e medíocre como candidato, e como se fosse o novo salvador da pátria brasileira que ela mesma contribuiu decisivamente para a falta de estabilidade e para a desastrosa situação de crise por qual passamos.

Simplesmente como mentora na área de comunicação parcial dos fatos não concordou, junto com Aécio Neves e outros comparsas com as seguidas derrotas que o povo brasileiro lhes imprimiu por quatro vezes seguidas, transformou seus ódios em ódio nacional contra apenas uma força política, e pensou que a qualquer momento que quisesse inventaria um nome que venceria as eleições facilmente. Enganou-se fatalmente, pois as respostas estão a cada dia mais surgindo, via todas as pesquisas eleitorais e de opinião feita por todos os institutos de pesquisas, aliados ou não.

Se continuar nessa cantilena de atacar vinte horas por dia a personalidade de Lula, e insistir no narigudo das tardes dos sábados a Rede Globo deixará de ser acreditada até mesmo pelos seus fanáticos noveleiros, bem como pelas pessoas que sem outras opções de tv’s fechadas insistem ainda em assistir lixo cultural todas as noites, e nas tardes sábados e domingos. A Rede Globo já era politicamente!




Por Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK