Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O desafio de Ciro Gomes de ficar calado
 
O desafio de Ciro Gomes de ficar calado
15/09/2017 as 15:07 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
Se tem um político no Brasil que sempre sonhou em ser Presidente da República, mas com suas trapalhadas verbais pelo visto nunca vai chegar ao cumprimento do sonho, este se chama Ciro Gomes. Cada vez que se aproxima de um cavalo que está bem perto de uma sela ele “chuta o pau da barraca”.

A pior esquisitice que ele fez nos últimos tempos para (não se sabe como) se promover politicamente foi atacar Lula como se o mesmo fosse um grande inimigo, quando sempre estiveram juntos. Talvez na escalada da narrativa de Lula não poder ser o representante da esquerda nas urnas em 2018, o melhor nome poderia ser exatamente Ciro Gomes.

Mas pelo visto com sua língua ferina, ele mais uma vez espanta o próprio cavalo que poderia inclusive já vim selado, porque quando ele ataca exatamente o homem que mais cresce nas pesquisas, e que no olho do furacão enfurecido da direita brasileira, da imprensa tradicional e do judiciário político, pode não ser candidato, ele perde as vozes que podem influenciar na escolha do substituto de Lula.

Mas sempre foi assim, e a história como é a prova dos nove não deixa ninguém esquecer. Quando ele assume o discurso de que não quer acordo em primeiro turno com o PT e pede ao povo que elimine logo no primeiro turno o candidato do próprio, ele acaba fechando uma importante porta, porque em política da mesma forma que se confia, desconfia-se mais ainda.

A esquerda brasileira não precisa de personalidades adeptas ao discurso dúbio, o que se precisa é de personalidades que reconheçam que não são os salvadores da pátria, e nem existem politicamente sozinhos. Outra coisa que não deve ser esquecida, quem pula demais de barco em barco para conquistar a confiança demora muito tempo. É como dizia Shakespeare “leva-se anos para construir uma confiança e apenas segundos para destruí-la".

Ciro Gomes parece demais com esses políticos que não aceitam conselhos de assessores e erram sempre. Parece que ele não quer viver em grupo, ele quer é dá ordens. Isso fica difícil para ele como pessoa e para o grupo político que ele representa nesse momento. Ele tem que ouvir alguns conselhos, principalmente ouvir mais e se calar no momento certo, porque a política é faca de dois gumes, e se não tiver cuidado ela corta e sangra as mãos.




Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK