Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A lista de Janot e a esperança do povo
 
A lista de Janot e a esperança do povo
13/03/2017 as 16:51 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
O tema dominante da política nacional, esta semana, não é desenvolvimento, reformas ou as futuras eleições. Brasília está apreensiva com a lista de 80 denúncias que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve apresentar ao Supremo Tribunal Federal como decorrência das delações dos executivos da Odebrecht na Operação Lava Jato.  Estima-se que 200 políticos, entre os quais quadros importantes dos partidos no Congresso Nacional e pelo menos dois ministros, estejam entre os denunciados. A corte política está inquieta e deverá assim continuar até que o relator, ministro Edson Fachin, decida se mantém ou retira o sigilo dos feitos e, principalmente, se aceita os argumentos do Ministério Público para processar os envolvidos. O presidente Michel Temer disse que ministro que se tornar réu tem de deixar o governo.

Tanto Temer quanto os seus aliados e articuladores parecem não saber que mensagem utilizar para conter a possível debandada dos denunciados, cujos votos são necessários para aprovar os projetos de interesse do governo. Acossados pela justiça, os parlamentares poderão pensar mais na própria proteção do que nos interesses do Palácio do Planalto. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PMDB-RJ) já desistiu de colocar em pauta o polêmico projeto da terceirização no trabalho, que seria votado esta semana. Também pode ocorrer atraso na tramitação da reforma da previdência. É preciso compreender que quem tem contas a ajustar com a justiça deve fazê-lo e que isso não pode nem deve interferir no governo e nas suas relações com o parlamento.

O quadro de instabilidade é apenas o efeito dos maus hábitos da classe política nacional. As delações referem-se basicamente à destinação de recursos obtidos através do superfaturamento de obras governamentais, cujos adicionais são destinados ao custeio das campanhas eleitorais.  Demonstram que praticamente toda a classe tem sua legitimidade sob suspeição pela forma fraudulenta com que eram pagas as despesas de campanha. Eleitos com doações de grandes corporações que trabalham para o governo, todos ficam sem a necessária independência para legislar e, principalmente, para contrariar os interesses desses capitalistas que, obviamente, não são os mesmos do povo brasileiro.

Nesse quadro, o melhor a fazer é começar as reformas pela política, para extirpar o mal que compromete a representatividade da classe. Paralelamente, a conveniência maior é que o governo adote medidas para aquecer o mercado e trazer de volta pelo menos parte dos milhares de empregos perdidos nos últimos anos de política econômica desastrosa. Se conseguir avançar nessas duas frentes, o Brasil estará salvo e as demais reformas virão como imperativo do momento e da sociedade. A “lista de Janot”, desde que bem compreendida, poderá ser apenas o limão que, isoladamente é azedo, mas pode se transformar numa saborosa e benfazeja limonada dentro de um Brasil novo, sem corrupção, acreditado pelos investidores, com pleno emprego e servido por políticos acima de qualquer suspeita...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
- dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK