Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A verdade sobre a falta de reação dos brasileiros diante da incrível destruição do Estado
 
A verdade sobre a falta de reação dos brasileiros diante da incrível destruição do Estado
27/12/2016 as 18:52 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
A sensação de impotência política tem tomado conta de uma grande parcela da sociedade que sabe o que está acontecendo no país, mas sabe muito bem que sozinha não vai poder combater as nocivas mudanças que vem sendo implementadas no Brasil como Estado.

Pior ainda é saber que o povo não começou a reagir, exatamente porque o povo não sabe o que de fato está acontecendo. O povo está sendo literalmente enfeitiçado, mas precisamente imbecilizado, pelo processo de desinformação promovido pela mídia comprometida com a noção de Estado Mínimo, principalmente pela Rede Globo de Televisão.

A configuração do Estado brasileiro depois do pacto feito por Lula com a Carta aos Brasileiros em 2002, está literalmente sendo mudada numa rapidez e numa crueldade tão grande, que nem importa se Michel Temer seja rejeitado pelo povo brasileiro ou não, pois ele é apenas o bode na sala para a implementação de uma nova configuração, em que o próprio povo é quem vai ser peremptoriamente prejudicado.

O Congresso Nacional em função de grupos de interesses quebra o conceito de democracia representativa e aprova a PEC 55, congelando gastos públicos, principalmente na saúde e na educação, quando se sabe que o Estado para ser forte tem que gastar com isso (criando mecanismos contra a corrupção endêmica). E ninguém reage!

O governo "ilegítimo" apresenta mais duas outras maldades que o povo brasileiro somente vai compreender quando os punhais cortarem as veias, porque esse Congresso aprova tudo contra o mesmo. Primeiro os brasileiros terão que começar a trabalhar aos 16 anos se quiserem ter aposentadoria completa depois de 49 anos de trabalho, e segundo, via medida provisória quer fazer os trabalhadores brasileiros a cumprirem 12 horas de trabalho por dia. E ninguém reage!

Diante de tudo isso, quando argumentam que é porque tem que fazer o ajuste fiscal para enfrentar a recessão, vem Michel Temer e na calada da noite aprova a proposta para presentear R$ 100 bilhões às operadoras de telefonia, as chamadas "teles". Isso é de uma canalhice tão grande com o povo brasileiro, que ultrapassa os limites da falta de vergonha e de respeito!

E mesmo assim o povo não reage! Por isso que a sensação de impotência política nos invade a alma. O Brasil está fazendo mudanças para ser um Estado pequeno diante do mundo, quando exatamente fez de tudo nos últimos anos para crescer como nação soberana, e como uma potência internacional. Estão preparando o Estado brasileiro para voltar a ser colonizado e ser formado por um povo pequeno diante de outros povos fortes do mundo. É a treva!




Por Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK