Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Revelada a face do “golpe”
 
Revelada a face do “golpe”
08/09/2016 as 17:18 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
Ao livrar os direitos políticos da ex-presidente Dilma Rousseff, o Senado Federal inova na interpretação constitucional e, pior que isso, oferece à presidente cassada tratamento diferente ao aplicado a centenas de outros governantes estaduais, municipais e até a um nacional – o ex-presidente Fernando Collor – punidos que, além de perder o cargo eletivo, tiveram de ficar oito anos afastados. Os cassados a partir de 2008 ainda estão na “geladeira” e correm o risco de ver a ex-presidente, ainda dentro do trauma que o seu governo causou ao país, assumir cargos públicos ou, até, arriscar nova candidatura. Os bastidores jurídicos lembram que, se os efeitos do “acordão” não forem corrigidos em tempo, é hipotética e legalmente possível a candidatura, já em outubro, de Dilma à prefeitura de Porto Alegre, onde tem seu domicílio eleitoral, o que seria um tapa na cara da nação e especialmente da Constituição. Esta é, sem dúvida, a verdadeira face do “golpe” de que tanto se tem falado

Ao inovar na votação do impeachment, os senadores e o presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, que presidiu a sessão, causaram um grande mau. Prolongaram a sensação de transitoriedade que, desde o afastamento da ex-presidente, em maio, trava o governo e retarda a solução da crise. Agora o Supremo Tribunal Federal é provocado a desfazer o “imbróglio” para, finalmente, devolver a normalidade ao país e permitir ao presidente Michel Temer cumprir sua espinhosa missão. Dilma Rousseff recorrer da cassação já era esperado, é um direito seu. Mas a novação na interpretação constitucional da votação criada pelos seus aliados como prêmio de consolação, é uma afronta.

A crise que nos conduziu até este momento é a mais cabal demonstração de que o Brasil carece de muitas reformas. Os mais de 200 milhões de brasileiros não podem continuar reféns de uma legislação arcaica e de políticos e instituições que demoram tanto tempo para afastar um governo que não deu certo e compromete a vida nacional. Além da reforma nas regras de governança, é preciso urgentemente promover a mais ampla remodelação do processo eleitoral de forma a evitar que os interesses de pessoas ou grupos continuem sobrepujando aos do povo. Além de medidas para sair da crise econômica e voltar a dar oportunidade de trabalho e renda para todos os brasileiros, precisamos buscar um novo pacto com a população e romper com as malfadadas alianças das elites políticas que, para se eternizarem no poder, cometem todo tipo de malfeitos e pouco se incomodam com verdadeiro interesse público. A mudança que precisamos é muito maior do que a simples troca de um presidente errante...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK