Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O que fazer depois do impeachment...
 
O que fazer depois do impeachment...
31/08/2016 as 17:29 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
Consumado. Ao final de oito que sacudiram a vida nacional, chegamos ao final o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Como manda a Constituição, o vice-presidente Michel Temer foi efetivado como presidente e agora tem a responsabilidade de governar até o término do mandato, fixado para 31 de dezembro de 2018. Foi um tempo difícil, onde a luta política, levada ao extremo do salve-se-quem-puder, impossibilitou ações mais ousadas de combate à crise econômica que faz sofrer a população. Terminado esse penoso ritual, chegou a hora de cada um encarar suas responsabilidades e contribuir para recolocar o país nos eixos.

É importante entender que só o afastamento da presidente não resolve o problema nacional. É preciso a adoção de medidas austeras e criativas que recuperem a confiança dos investidores, reativem o mercado, a produção e a volta da prosperidade nacional. Os investidos nas funções de governo e as lideranças econômicas têm de cumprir suas missões e as instituições precisam funcionar garantindo o “imperium” do Estado.

Todos nós, brasileiros, precisamos compreender que, mesmo afastado o governo que não se sustentavam, os problemas persistem e exigem muito esforço e dedicação daqueles cuja posição na sociedade e na vida pública atribuem o dever de equacioná-los. Governo, Poder Legislativo, Poder Judiciário e Sociedade Civil, por seus órgãos e representações, têm o dever de buscar o porto seguro Brasil mergulhado na crise. Todos temos a obrigação de cultivar o império da lei e das boas práticas para reavivar o Brasil próspero e ideal para os brasileiros.

É um momento que exige muito juízo. A prioridade tem de ser a recuperação nacional, o extirpar dos maus hábitos e a recuperação da credibilidade nacional. Não poderão prevalecer as teses extremistas ou desagregadoras da sociedade. Cada brasileiro tem de entender o novo tempo que começa a se viver e, na medida do possível, dar sua contribuição para sua consolidação para, depois, poder usufruir dos benefícios de uma nação redirecionada para o progresso, o equilíbrio e a justiça social.

O presidente Michel Temer é apenas o comandante desse novo tempo, colocado no posto pelos mesmos votos que em 2014 para lá levaram a presidente hoje cassada. O governo está em suas mãos, mas a tarefa de salvar o Brasil é de todos os brasileiros, cada qual fazendo o melhor que puder, no seu devido lugar. Tudo o que se fizer fora dessa direção, não passará de lesa-pátria e merecerá o repúdio e a mais severa e justa reprimenda...




Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK