Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Seriam eles terroristas?
 
Seriam eles terroristas?
27/07/2016 as 09:33 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
Vivemos um momento crucial em relação ao terrorismo que atormenta a Europa, Estados Unidos e outras partes do mundo com quem temos relações. A prisão dos dez acusados de estarem se preparando para cometer atentados durante os Jogos Olímpicos do Rio carece de ampla investigação para determinar a real existência da conspiração e qual o exato papel de cada um dos envolvidos, quais as ações que o grupo já desenvolveu e o que efetivamente pretendem. Embora vivamos num país democrático e com liberdade de informação, nos parece contraproducente a publicidade que se deu à operação. Até porque a simples exposição do ocorrido e seus desdobramentos poderão encorajar outros supostos simpatizantes da causa e, o pior, colocar nosso país em rota de colisão com o dito Estado Islâmico.

É preciso compreender que o simples fato de alguém converter-se ao islamismo não autoriza a supor que tenha se vinculado ao Estado Islâmico, grupo sunita que faz leitura própria do islamismo e hoje domina territórios do Iraque e da Síria.  Segundo Censo de 2010 existe 35 mil seguidores do Islã no Brasil, mas outras fontes dizem haver mais de 1,5 milhão deles e ser crescente o número de adesões. Todos esses homens e mulheres, devotos de uma doutrina são merecedores de respeito, não podem em razão de sua fé ser confundidos com terroristas e nem de longe vistos como uma ameaça. Uma coisa é a religião e outra e o ativismo político e até o extremismo. Importante lembrar que em todas as crenças existem os fanáticos e estes são rejeitados pelas próprias instituições e por seus membros regulares e tradicionais.

Nesse momento, em que já recebemos delegações estrangeiras para participação nos jogos, o mais importante é manter a segurança desses visitantes e ter mobilizados os serviços de inteligência para a identificação de movimentos que possam sugerir a prática de atos terroristas ou oportunistas de convulsão social. A reunião do aparato nacional e internacional montado para dar suporte ao certame esportivo, tem de ser suficiente para garantir a segurança dos participantes, e as autoridades brasileiras precisam manter a segurança pública.

Por enquanto, cabe-nos acreditar na inexistência de células agindo em nosso país sob as ordens do Estado Islâmico, até porque não fazemos parte de sua luta. Haverem aqui simpáticos ao movimento não caracteriza crime desde que não empreendam ações que violem as leis locais. A possibilidade de ações terroristas não deve nos inquietar mas, nunca é demais manter os olhos abertos. Afinal, há muito tempo já se diz que o preço da liberdade é a eterna vigilância. Sejamos vigilantes...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK