Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A (imprópria) tese do golpe
 
A (imprópria) tese do golpe
27/04/2016 as 17:56 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
A presidente Dilma participou nesta sexta-feira da cerimônia na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, onde foi assinado o Acordo de Paris sobre o clima. Pelo que se noticiou antecipadamente, a governante iria, em seu discurso, dizer-se vítima de um “golpe”, representado pelo impeachment ora em tramitação pelo Senado. Ainda bem que desistiu dessa aventura. Está indo longe demais o proselitismo nesse sentido, principalmente pelas condições em que ocorre, com sua tese rechaçada por ministros do Supremo Tribunal Federal e por todos os políticos que não são seus aliados. Esse tipo de propaganda do país é desagregadora e só serve para potencializar a crise; ninguém, em sã consciência, investe num país rumo ao golpe.

A cada dia fica mais claro que Dilma, o PT e seus aliados, na falta de outra alternativa, tentam reverter no grito a situação adversa em que se encontram. É preciso tomar cuidado para não agravar ainda mais os problemas e evitar esbarrar em questões institucionais. Da mesma forma, a governante e seus auxiliares devem se abster de, até o deslinde da questão do impeachment, abrir as burras do governo e liberar recursos e emendas parlamentares para os aliados de forma que essa atitude possa parecer pagamento de negociatas políticas. Liberação de recursos, autorização para financiamentos internacionais e outras ações que dependam do governo não devem fugir à rotina, sob pena de não se cumprirem assim que mudar a equipe de governo.

Dilma e aqueles que a defendem deveriam, em vez da vitimização pública através das sucessivas entrevistas e de discursos acusadores, buscar sólidos argumentos jurídicos – se é que os têm – para fazer sua defesa no Senado e no Supremo Tribunal Federal, se encontrarem alguma brecha para recorrer. A essa altura, a técnica do esperneio ou da desqualificação do possível sucessor, não cola mais.

É de se esperar que os senadores – que agora tratam do impeachment – não percam tempo. Respeitem os prazos e principalmente a igualdade de espaço para acusação e defesa, mas evitem a protelação. O Brasil estará absolutamente parado e a crise se agravará até o dia em que estiver finalmente definido quem nos governará até o final de 2018. Os brasileiros clamam pela abertura dos caminhos que, necessariamente, passa pelas mãos dos 81 senadores...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK