Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Rapidez para tirar o país do impasse
 
Rapidez para tirar o país do impasse
18/03/2016 as 17:31 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
Nunca antes nesse país se viu uma situação política tão complicada como a de hoje. Ao tentar resgatar o antecessor, a presidente da República fragiliza o seu já combalido governo e deixa o país ainda mais à deriva. Ou pior: torna concreto o risco de a crise política e econômica transformar-se na crise social que as altas patentes militares têm definido nos últimos tempos como o limite suportável para a não intervenção. A sucessão de acontecimentos dos últimos dias nos conduz ao olho do furacão. Os poderes da República estão excitados e a população mais ainda, deixando os seus afazeres e se ocupando de atos de protesto e cidadania. Até o momento ainda são manifestações classificadas como pacíficas, mas ninguém é capaz de prever até quando continuarão dessa forma.

O “Comunicado à Nação”, publicado hoje nos principais jornais do país, pela Confederação Nacional da Indústria e suas federações filiadas, define o quadro vivido como o mais grave, do ponto de vista econômico, nos últimos 25 anos (desde o impeachment de Fernando Collor). Pede firmeza e urgência das instituições, principalmente do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, para tirar o país da crise política e econômica.

A Câmara dos Deputados instalou a comissão encarregada de conduzir o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A nação espera que os parlamentares nela inclusos desempenhem um trabalho competente e patriótico. Tenham em mira a salvação nacional, acima de interesses partidários, de grupos ou pessoas. Se executarem um bom e justo trabalho, darão aos 513 deputados federais um bom suporte para decidirem sobre o destino do atual governo e do próprio país. Da mesma forma, atuando como estadistas, os deputados darão aos senadores todas as condições de tirar o pais da crise institucional.

A Justiça, especialmente o Supremo Tribunal Federal, é hoje o fiel da balança. Pesa sobre os ombros de seus 11 componentes a tarefa de atuar como grande âncora, evitando que a vontade de grupos ou pessoas possam sobrepujar o sagrado interesse público. Infelizmente, o país está parado e os resultados disto são graves. Espera-se que as instituições e a sociedade, pelas suas forças representativas, comprometidas só com o país, cumpram com  amor e dedicação os deveres inerentes às funções outorgadas, atuem com celeridade e sejam capazes de evitar a convulsão social, cujas consequências são imprevisíveis e certamente feririam a democracia e fariam o povo sofrer.
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
- dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK