Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Os delatores e as delações
 
Os delatores e as delações
04/03/2016 as 16:08 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
Desde o dia que o Supremo Tribunal Federal definiu que os condenados de segunda instância devem começar imediatamente cumprir suas penas e aguardar encarcerados a decisão sobre seus recursos aos tribunais superiores, paira no país forte o clima de delação premiada, o instituto pelo qual o réu conta o que sabe e se beneficia da redução das penas. Estima-se que muitos dos alcançados pela Operação Lava Jato, que ainda resistem à possibilidade de entregar seus cúmplices, optem por fazê-lo e evitar que lhes aconteça o ocorrido com Marcos Valério que recebeu as maiores penas do Mensalão e hoje vê os políticos envolvidos soltou e até pedindo a anulação de suas penas.

Operadores do Direito prevêem que março seja um mês pródigo no fechamento de novas delações e, com isso, dezenas, talvez centenas de envolvidos nos escândalos de corrupção possam ter suas situações agravadas e alguns até sejam presos preventivamente. Essa previsão se reforça com a condução coercitiva do ex-residente Lula e de seu staf para deporem Operação Aletéia, deflagrada nesta sexta-feira. Pensa-se que, sem a possibilidade de recorrer em liberdade e interpor inúmeros recursos protelatórios, propineiros, carteleiros, fraudadores de licitações e outros corruptos preferirão resolver seus problemas mesmo que em troca de romper a fidelidade com seus companheiros de empreitada. Há quem diga que março de 2016 poderá passar para a história política brasileira como um mês vermelho, tamanha a quantidade de sangue que deverá escorrer pelos escaninhos político-administrativos-judiciários.

Dentro dessa expectativa de muitas delações, surgiu nesta quinta-feira (29) a do senador Delcídio Amaral que acusa a presidente Dilma Rousseff de atentar contra a Operação Lava-Jato e o ex-presidente Lula de ser o mentor do plano de fuga e propina ao ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró, motivo da prisão do senador. O próprio senador disse, em nota, “não reconhecer” os documentos publicados pela revista Isto é e repercutido por toda a imprensa. O governo e o Partido dos Trabalhadores também reagiram contra o vazamento daquilo que seria um pré-acordo de delação premiada. É importante lembrar que, segundo o divulgado, trata-se de um documento de 400 páginas onde o senador discorre sobre ações suas, de Dilma, de Lula e do ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Sem qualquer prejulgamento, tanto da autoria quanto do conteúdo, a sociedade brasileira espera que tudo seja devidamente apurado, esclarecido e os faltoso – sejam eles os denunciados ou os autores da denúncia (se ela for falsa) recebam a devida punição. O que se espera das delações é que todas elas sejam absolutamente verdadeiras e levem de forma irretratável aos autores dos malfeitos. O Brasil e os brasileiros precisam disso...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
- dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK