Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > De panelaço em panelaço
 
De panelaço em panelaço
24/02/2016 as 15:45 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&cce  Imprimir Imprimir
O Partido dos Trabalhadores, hoje perdido no olho do furação, foi alvo de mais um panelaço quando, no seu horário gratuito de rádio e televisão da terça-feira, fez a defesa do ex-presidente Lula. O bater de panelas que, na Argentina chegou a derrubar o presidente Fernando de La Rúa, em 2001, tornou-se agora instrumento de demonstração da insatisfação contra Lula, Dilma e seus governos, aqui no Brasil. Diante dessa forma de protesto, a presidente deixou de fazer pronunciamentos tradicionais dos chefes da Nação, como os do Dia do Trabalho e do final de ano. Mas, mesmo assim, quando menos espera, lá está o barulhaço reprovador.

O país já vinha escandalizado com uma sucessão de malfeitos que ennvolveram políticos e figuras do governo e desviavam a finalidade de recursos públicos destinados a saúde, educação e outros serviços básicos. Mas, a revelação do Mensalão, que resultou na prisão de líderes do PT e partidos aliados, condenados pelo Supremo Tribunal Federal em razão do foro especial, foi o começo da desconstrução da imagem de “único honesto” que o PT cultivou desde a sua fundação e onde firmou todo o seu proselitismo quando na oposição. Com o Petrolão, que ainda tem muita coisa a apurar, então, a autocriada imagem de repositório da moralidade pública acabou de se liquidar. O partido, com importantes lideranças no cárcere e outras ameaçadas, vive os priores dias de seus 36 anos de existência. E, com certeza, os partidos que ao seu lado formam, também acabarão manchados.

A Operação Lava Jato apura crimes cometidos nos escaninhos do poder, pode levar no turbilhão mais figuras de destaques e, até, derrubar o governo. É o resultado das ações impensadas ou, pelo contrário, muito bem engendradas. Sua continuidade até a identificação do último elo da nefasta corrente, é imperativo nacional. Aconteça o que acontecer, é importante buscar um novo pacto de poder e uma forma sustentável de vida aos partidos políticos e de custeio das campanhas eleitorais. Não podemos continuar à mercê de formatos incertos e, principalmente, que dêem margem ao desvio dos cofres públicos e estatais.

Os partidos políticos precisam ter uma forma consistente e sustentável de vida e gestão. As campanhas eleitorais devem ter meios de custeio que, revelados, não esbarrem no código penal. E os governos têm de abandonar o expediente de cooptar os perdedores para com eles formar a maioria parlamentar fisiológica que hoje turva a imagem da classe política nacional. No dia que tudo isso for concretizado, acabarão os panelaços, com certeza...




Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK