Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > FUJA DA CASA PRÓPRIA!
 
FUJA DA CASA PRÓPRIA!
02/02/2016 as 11:15 h  Autor Samuel Magalhães  Imprimir Imprimir
Um novo ano começou e com ele a esperança de realizar sonhos que não foram realizados em 2015. A maioria deles são bem conhecidos de todos nós. Abrir o próprio negócio, trocar de carro e, é claro, comprar a tão sonhada casa própria.

Desde a época das cavernas, o ser humano possui a necessidade de ter um abrigo. Foi devido a esse refúgio que nossos ancestrais conseguiram escapar das intempéries e dos animais selvagens. Alguns milhares de anos se passaram e nosso desejo por abrigo permanece mais vivo do que nunca. Não por acaso, muitos brasileiros fazem um esforço hercúleo para ter um lar que possam chamar de seu. Mas será que ter a casa própria é realmente tão importante assim?

Um dos principais motivos alegados por quem quer adquirir a casa própria é: “pagar aluguel é jogar dinheiro fora!” Será mês mesmo?

Quando se mora de aluguel, você paga um valor percentualmente muito pequeno para o dono do imóvel, em troca de poder usufruí-lo. As pessoas costumam achar os aluguéis caros pelo simples fato de calcularem os valores em termos absolutos e não percentuais.

Se você mora em uma casa que vale R$400 mil e paga R$1,5 mil de aluguel, você está remunerando o proprietário a uma taxa de 0,37% ao mês, menor até do que a poupança. Muito pouco, não? O problema é que a maioria das pessoas procuram imóveis cujo aluguel é superior a sua disponibilidade de pagamento. Assim, não importa se o valor pago é R$500 ou R$5 mil, ao fim do mês, vai faltar dinheiro para fechar a conta.

Você gostaria de receber menos do que a poupança te paga para emprestar seu dinheiro para alguém? Não, né? Então como você pode achar caro pagar isso ao proprietário do imóvel em que vive?

Outro fator que precisamos entender é que ao comprar a casa própria, você irá se casar com um financiamento bancário. E, diferentemente do que acontece na maioria dos relacionamentos, esse irá durar décadas. Você carregará uma dívida por toda a sua vida!

Ao longo de todo esse tempo, você estará pagando juros, e como vivemos no país com a maior taxa de juros do mundo, isso significa que esse casamento custará muito caro para você. Afirmo, sem medo de errar que: ao patamar de juros que temos atualmente, chega a ser proibitivo o financiamento imobiliário.

Sei o que você deve estar pensando: “Mas é melhor eu pagar R$1 mil por mês para pagar algo que é meu do que rasgar R$700 em aluguel, certo?” Errado! Por dois motivos. O primeiro é que só será seu depois que você efetivamente quitar, ou seja, daqui a vinte, trinta, trinta e cinco anos. E o segundo motivo e, talvez até mais importante, é que essa diferença de R$300 que pode parecer pouco, não é!

Imagine que, ao invés de comprar o imóvel novo e pagar R$1 mil de prestação você decida continuar pagando seu aluguel de R$700, porém vai economizar R$300 todo mês para investir o dinheiro. Sabe quanto você teria após trinta anos, com uma rentabilidade de apenas 1% ao mês? R$1.048.489,24. Nada mal, hein?

Antes de comprar a casa própria, pense duas vezes! Por mais paradoxal que possa parecer, morar de aluguel pode ser uma excelente maneira de enriquecer.




Samuel Magalhães é Consultor Financeiro, Palestrante, fundador do Portal www.invistafacil.com e do instagram @oinvestidor.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK