Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A noite dos fariseus
 
A noite dos fariseus
25/12/2015 as 09:46 h  Autor Agassiz Almeida  Imprimir Imprimir
Palavras dirigidas ao ex-presidente Lula da Silva:

A sua subserviência não aplaca a ira do poder punitivo.

Se lhe falta a grandeza da solidariedade ao companheiro que tomba, cale-se.

Imbecil” não é aquele que cai, mas o que covardemente o apedreja.

Respeite a sua história com a eloquência do silêncio.

Nos últimos dias, a nação assiste pelos meios de comunicação a um teatrão de marionetes.

Para onde vamos? Pergunta angustiado o povo brasileiro. Não tem resposta. As corporações se plantam nas suas “Torres de Marfim” e os poderosos grupos econômicos e financeiros sangram a nação. Desfecha-se este episódio. O poder julgador lança petardo no Senado que se queda estonteado. Este cenário lembra os carneiros de Panúrgio, personagem de Rabelais, os quais frente ao predador que os tenta devorar apenas berram.

Na célebre obra “A noite dos generais”, de Meirelles Passos, personagens se movem em meio à trama traiçoeira e se debatem entre o medo e o remorso. Na noite dos fariseus agitados e temerosos senadores levam a cabeça do colega ao altar de Júpiter, poderoso justiceiro.

Oh tempora!  Oh mores!, brada Rui Barbosa da sua tumba.

Há mais de 2.000 anos, senadores mancomunados com Brutus apunhalam Júlio César no Senado romano que nos estretores da morte ao tombar, solta estas palavras: “Até tu Brutus!”. Na capital do Brasil, senadores transvertidos de “Catões” do moralismo e hermeneutas das leis aceitam um flagrante montado e um delito tipificado como continuado.

Que execrável decisão! Golpearam mortalmente a independência da instituição. Ecos da poesia de Pablo Neruda envolvem a noite dos fariseus.

Nas noites do Atacama o vôo do albatroz, ave oceânica, cruza os espaços prenunciando tempestades./ No solo, aves de rapina devoram uma gazela.

Eis o contraditório fenômeno da vida. Nas horas de tempestade os medíocres se irmanam e levam o justo ao cadafalso.

Paremos um pouco! Passos de Mefistófeles ouvem-se na noite dos fariseus. Este vulto traz uma nota indecente excretada pela chefia do Partido dos Trabalhadores. Para servir ao senhor do chicote o lacaio pratica qualquer tipo de patifaria.

Que documento é este? Nota infame e oportunista atinge letalmente um senador que até poucas horas atrás era o líder do Governo e homem de confiança da cúpula do PT.

Que sabugisse inominável! Aos primeiros estremecimentos da deusa Themis o lançaram ao calvário.

Naquela noite, em que os tartufos vomitaram ira fabricada e alguns despejaram bravatas, um episódio histórico com a mesma conotação me salta à mente. Quando em 1 de abril de 1964, o golpe militar desabou sobre a nação, a Assembleia Legislativa da Paraíba cassou o meu mandato e de mais três deputados.

Oh, coveira apressada”! Que ato de tamanha fraqueza e o oportunismo praticou! Ofereceram de bandeja as nossas cabeças ao vitorioso e truculento general Justino Alves Bastos, comandante do IV exército.

Na consciência dos homens livres desata-se esta interrogação: Que força aterrorizou aqueles senadores a esfarraparem o instituto da imunidade, conquista histórica e secular que vem das lutas do parlamento britânico contra o absolutismo do rei, desde o século XVII? Com a espada de Dâmocles sobre as suas cabeças produziram aquela excrescente e covarde decisão.

Oh, melancólica noite em que a altivez cede lugar ao oportunismo!

Obs.: Mefistófeles é personagem da obra Fausto, de Goethe e representa o demônio.


Agassiz Almeida
é escritor e ativista dos direitos humanos, autor de obras clássicas da literatura brasileira. Em 2001, sob a presidência do deputado Carlos Dunga a Assembleia Legislativa da Paraíba em sessão histórica resgatou os mandatos dos parlamentares cassados em abril de 1964. A história repele a covardia.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK