Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A formação das crianças e a igualdade de gêneros
 
A formação das crianças e a igualdade de gêneros
19/10/2015 as 12:03 h  Autor Dirce Satika Katayama   Imprimir Imprimir
Quando pensamos em igualdade entre os gêneros não podemos pensar somente em como educar as meninas. É necessário refletir no ensino dos meninos também. É preciso ponderar sobre nossas próprias crenças, sobre o quanto ainda somos um reflexo de nossos pais, avós, etc., embora o nosso discurso seja racionalmente diferente.

Cada mãe, como mulher, deve fazer uma analise do quanto suas convicções, conscientes ou não, apoiam a igualdade entre meninos e meninas dentro do próprio lar. Obviamente o pai também deve refletir sobre o assunto e agir de forma igualitária em seu cotidiano. A diferença na criação das garotas em relação ao sexo oposto começa dentro da cabeça dos adultos na família.

Discernir que algumas capacidades e habilidades são preferencialmente masculinas ou femininas, muitas vezes, é plausível. Mas generalizar e dividir tais competências pode fomentar uma desigualdade em termos de identidade enquanto indivíduo. Como situações como essas ocorrem de maneira sutil e involuntária, a questão torna-se ainda mais delicada.

É comum exaltarmos a beleza e a graça da menina e a inteligência do menino. Porém, ao agir assim, estamos enfatizando o aspecto exterior na menina versus o aspecto interior no menino, o que causa confusão, pois uma autoimagem positiva conta com características internas e externas. Elogios verdadeiros são fundamentais, mas precisamos observar se não estamos agindo de forma tendenciosa.

Muitas vezes, cobramos comportamentos diferentes de meninos e meninas e, ao negarmos a expressão da tristeza, medo ou raiva nas crianças estamos ensinando-as que sentir é proibido. O caráter do indivíduo irá se estruturar positivamente quando acolhido ao exteriorizar seus pensamentos e sentimentos e ao ser amado do jeito que é.
 
Se o filho homem tem regalias na hora de ajudar a organizar a casa, preparar seu próprio lanche ou lavar os pratos que usou, é preciso ficar alerta. Essas são habilidades treináveis em qualquer pessoa, independentemente do gênero. Ao ensinar o menino a ter autonomia na organização da casa, damos-lhe também a liberdade de não depender da mulher para isso.

Quando se fala em empoderamento da mulher, falamos de algo que é um estado interno, uma forma de ser e se sentir. Por mais que se promova a capacitação das mulheres e a igualdade de direitos, por meio de iniciativas voltadas às condições trabalhistas ou sociais, é no aspecto individual ou psicológico que o empoderamento realmente ocorre.

Acima de tudo, o exemplo que os pais são é o terreno no qual a criança irá construir seus sonhos e seu futuro. Pais que vivem com bom humor, senso de responsabilidade, de cidadania, que demonstram carinho e admitem que podem errar, serão excelentes alicerces na formação dos filhos, meninos e meninas.

Dirce Satika Katayama é instrutora dos treinamentos do Núcleo Ser

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK