Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O que muda com a redução do limite de financiamento de imóvel?
 
O que muda com a redução do limite de financiamento de imóvel?
29/04/2015 as 14:05 h  Autor Reinaldo Domingos  Imprimir Imprimir
Além do aumento das taxas de juros do financiamento imobiliário que a Caixa divulgou recentemente, outra mudança foi anunciada: agora, a porcentagem do valor do imóvel que poderá ser financiado cairá de 80% para 50%. A medida, que vale para imóveis usados, comprados com recurso da Poupança e negociados pelo SFH, entrará em vigor a partir de 4 de maio.
 
A conclusão é que a população brasileira terá de poupar mais para realizar o sonho da casa própria. Se o valor do imóvel for R$ 500 mil, por exemplo, o comprador terá que ter R$ 250 mil de entrada, o que, antes, R$ 100 mil já seriam suficientes. Com isso, cresce o risco de pessoas buscarem outras linhas de crédito com juros mais altos, aumentando o risco de inadimplência. E é aí que entra a importância da educação financeira.
 
A palavra de ordem, nesse momento, é planejamento. Quem já estava se programando para comprar um imóvel, talvez tenha que adiar um pouco os planos, no entanto, não é motivo para desanimar, apenas para ter cautela. Ponha tudo no papel, reveja as contas, fazendo um bom diagnóstico financeiro. Muitas vezes, podemos remanejar o orçamento, diminuindo alguns gastos e redirecionando os valores para essa compra. Muito cuidado para não sair fazendo dívidas e pegando empréstimos por impulso, comprometendo seriamente o que já tem poupado ou até mais.
 
Mas, se por um lado muitos reclamam dessa medida, por outro, tem um aspecto positivo, que é o menor comprometimento do dinheiro dos brasileiros. Muita gente, na ânsia de realizar o sonho, acaba despendendo um valor muito alto do seu orçamento para essa finalidade, o que é perigoso, pois, caso haja algum imprevisto, dificilmente conseguirá ter uma reserva financeira.
 
A educação financeira é o melhor caminho para todas essas mudanças que envolvem nosso dinheiro, especialmente por conta do momento delicado que vive a economia do país. Não adianta ficarmos achando culpados, é preciso assumir a responsabilidade e buscar se educar financeiramente, para saber lidar com o que vier. Para isso, existem livros, cursos e palestras sobre educação financeira – alguns até online e gratuitos –, buscando mudar o comportamento em relação ao uso e à administração das finanças, tornando-se mais consciente e sustentável financeiramente.
 
Reinaldo Domingos é educador e terapeuta financeiro, presidente da DSOP Educação Financeira, Abefin e Editora DSOP, autor do best-seller Terapia Financeira, dos lançamentos Papo Empreendedor e Sabedoria Financeira, entre outras obras.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK