Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Manifestações populares são positivas
 
Manifestações populares são positivas
23/03/2015 as 19:28 h  Autor Pedro Cardoso da Costa  Imprimir Imprimir
Não ter foco se tornou a principal crítica à multidão que foi às ruas em 2013.  De lá para cá houve pequenas manifestações, mas nada impactante, como foi a de domingo, 15 de março de 2015 que, agora, padece pelo excesso de reivindicações. Fala-se em foco errado, grupos difusos, terceiro turno. Governo e oposição fazem a análise que melhor lhes convém à defesa dos seus ideários.

Acusam o povo de ser alienado por atender à convocação e de ter a consciência de quem vai a uma festa. Como se fosse possível qualquer tipo de agrupamento humano sem alguém para puxar e organizar. A adesão de milhões só ocorreu porque o povo está saturado, com sede e muita vontade de externar seu repúdio ao modelo de gestão administrativa, no momento representado pela presidenta Dilma Rousseff.

Não se trata de reprovação apenas à presidenta. Ela torna-se o alvo principal por ter sido eleita recentemente com um discurso totalmente inverso às suas ações, mas o povo está descontente com os agentes públicos em geral.

Ainda que algumas pessoas não se predisponham a ir às ruas, todos gritam internamente por melhorias na Saúde, Educação e Segurança, tendo em vista serem as áreas genericamente mais relevantes. No entanto, o leque de insatisfação é muito maior. Ninguém desconhece que as estradas, ruas e calçadas estão em estado de calamidade. Assim como hospitais, postos de saúde, rede de esgoto, saneamento básico em geral, rios poluídos, transporte público e tudo está em calamidade e de conhecimento público há décadas. São tantas as carências, que dificulta a vida do cidadão comum fazer suas preferências.

Não há contestação quanto a insatisfação ser generalizada. E nenhum político deve apontar o dedo já que vai sobrar para todos à medida que a população perceber que as autoridades só se coçam quando ela vai às ruas. Há muitos perigos nessa travessia.

Alguns jornalistas criticam as pessoas por não se fazerem presentes em reuniões e debates nas casas legislativas. Uma falácia mais maldosa do que ingênua. As pessoas trabalham, estudam e têm suas obrigações diárias. Não têm tempo de sobra para tutelarem as decisões dos parlamentares. É como se a ausência autorizasse a praticarem suas estripulias com o dinheiro público.

É presumido que estejam capacitados a desempenharem as funções para as quais foram eleitos. Deve haver vigilância e cobrança sempre. Mas a ausência do público não pode servir de justificativa para os equívocos cometidos, quase sempre de forma deliberadamente proposital.

Milhões de pessoas nas ruas num domingo não foram suficientes para evitar que os partidos triplicassem o repasse do fundo partidário, que, de nenhuma forma deveria existir, devido aos partidos se constituírem como pessoas jurídicas de direito privado como qualquer outra.

Para piorar, querem aprovar o financiamento público de campanha, já que o culpado pela corrupção é o financiamento privado, não os corruptos e corruptores. É a chamada corrupção das políticas pública. Para acabar com essa corrupção legalizada, as manifestações precisam ser intensificadas e com longas pautas de reivindicações.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
Bacharel em direito

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK