Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Atrativos, monumentos e obras de arte em ruína prejudicam turismo em Salvador
 
Atrativos, monumentos e obras de arte em ruína prejudicam turismo em Salvador
05/02/2015 as 09:08 h  Autor José Queiroz  Imprimir Imprimir

O Pelourinho é o principal atrativo da cidade e vinha sendo recuperado desde o início da década de 1990, mas a obra foi interrompida em 2007 e não há como esconder dos turistas a ruína física e social do lugar. A decadência visível vem sendo mantida com promessas, anúncios de projetos aleatórios, a maioria não concluídos, ou esdrúxulos, como Palco Móvel, e falsas informações, como a cidade ‘lotada’ de turistas, o que só acontece em dia de navios de cruzeiros, e apenas no verão. O governo de Jaques Wagner suspendeu a obra iniciada no governo anterior, gastou milhões em novo projeto que está engavetado, mas o governo atual promete ‘novidades’, entre elas, a iniciativa privada, que não tem responsabilidade cultural nem social com a cidade e o povo.

Lá se vão oito anos de interrupção da obra que estava dando certo para o turismo baiano, trazendo investidores, estudiosos e turistas, e fomentando o consumo da cultura e a economia local. Nesse meio tempo, o centro histórico de Salvador já perdeu vários casarões, outros se tornaram irrecuperáveis, e monumentos preciosos estão caminhando para o mesmo fim. O Convento de São Francisco de Assis precisa da mesma caridade que os gestores baianos oferecem diariamente ao pessoal da música, afinal, não se vive só de pão e circo. Salvador está perdendo um dos mais belos e preciosos conjuntos de painéis de azulejos do mundo!

IPHAN, Governo do estado e Prefeitura não se entendem sobre a necessidade de desocupar os casarões, limpar o Centro Histórico, iluminar, facilitar o acesso, e garantir a segurança, mas a cada dia criam mais festas, gastam como se elas fossem o principal atrativo da cidade. E não é! Carnaval fora de época? Afródromo? Quem ganha com isto? Não é o povo, a Cultura nem o Turismo! Enquanto isto, baianos e turistas que entram no Pelourinho, não são direcionados para o lugar onde viveram o Antonio Vieira, o Rui Barbosa ou o Castro Alves. Belíssimas obras como a pintura barroca na Igreja da Misericórdia ou os entalhes de Caribé, no Museu Afro-Brasileiro, estão escondidas por falta da sinalização que já consumiu tanto dinheiro público. A Casa da Música deveria estar no Pelourinho, o primeiro trio elétrico, etc.! O maravilhoso painel de Caribé, na Praça Castro Alves, precisa de cuidados, assim como a fachada da Ordem Terceira de São Francisco.

O candomblé tem seus símbolos explorados por gestores e músicos, inspira tanta gente, mas não tem apoio institucional, nem de nenhum artista, para a visitação e para usufruir dos benefícios do turismo. Nenhuma agência da cidade oferece qualquer programa regular envolvendo religião! Nem candomblé, nem Irmã Dulce, nem Mansão do Caminho! Poucos baianos e turistas conheceram o maravilhoso Museu de Arte Sacra, a missa com canto gregoriano, dos beneditinos, ou os concertos de música barroca, de órgão, na Catedral Basílica. A feira de São Joaquim, que consumiu tanto dinheiro do Turismo, envergonha a cidade. As obras do Mario Cravo, no Parque de Pituaçú estão abandonadas! E os gestores do turismo se comportam como se a cidade estivesse uma maravilha, precisando de mais festas. Mas o pessoal do turismo não tem nada para festejar, a não ser os ‘amigos do rei’, como a agência que monopoliza Costa de Sauípe e outra que recebe os cruzeiros!

Falta cultura, conhecimentos técnicos e dedicação exclusiva nos gestores do turismo de Salvador! A cidade poderia receber muito mais turistas diariamente, como os grandes centros turísticos do mundo, e melhorar seus índices econômicos e sociais. Mas é preciso que o próprio povo a conheça, respeite e preserve sua história, memória e tradições. Não é por causa de praia ou festa que Salvador recebe turistas, e sim por Jorge Amado e o Pelourinho, conhecidos mundialmente! Mas é preciso ter hotéis, cobrar a responsabilidade cultural de quem se propõe a ter agência de turismo receptivo – nenhuma agência está oferecendo a visita à casa do escritor, que está belíssima! - profissionalizar o atendimento de guias de turismo, principalmente no Centro Histórico, e reconhecer, estimular e proteger o transporte de turismo qualificado. A prefeitura oferece tanta festa, mas negou aos condutores autônomos o trânsito livre para conduzir turistas no Carnaval!

O Brasil está acompanhando estarrecido o desenrolar do escândalo da Petrobras, efeito da ingerência do Estado na economia, e, como já se sabe, em vários outros setores. No Turismo também! O governo e seus parceiros controlam com mão de ferro a atividade. Desde 2007, vários empréstimos foram tomados em nome do Pelourinho e da Baía de Todos os Santos, mas o turismo náutico é caótico, não há infra-estrutura turística em nenhuma praia da baía, nenhuma praia para oferecer em Salvador, e o turismo só diminui na cidade, em conseqüência da ruína e dos riscos dos seus principais atrativos, conhecido nos principais pólos emissores. Enquanto isto não for encarado com seriedade por gestores, empreendedores e profissionais do setor, a cidade continuará perdendo seu patrimônio, competitividade e turistas. O baiano pode ser enganado, a indústria turística, não!

José Queiroz é guia de turismo especializado em Turismo Receptivo

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK