Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Breves Considerações sobre a polêmica redução da Maioridade Penal
 
Breves Considerações sobre a polêmica redução da Maioridade Penal
06/05/2014 as 17:27 h  Autor Leopoldo Luis Lima Oliveira  Imprimir Imprimir
As transformações ocorridas no decorrer do Século trouxeram sob o ponto de vista social uma série de mudanças de mentalidade e comportamento, que ainda se fazem presentes até os dias de hoje. Necessário se faz, antes da aceitação ou não da chamada redução da maioridade penal, que a reflexão retroceda no tempo, refletindo sobre o presente e nas futuras gerações, sempre alicerçadas nos direitos humanos. Longe de trazer uma opinião direcionada, cabe neste momento comentar sobre este que é um dos temas de maior polêmica na atualidade.

O assunto ingressa na chamada responsabilidade do Estado, que ora garante direitos, ora regula a máquina social pela punição. O Estatuto da Criança e Adolescente foi publicado em 1990, passando por pequenas alterações e prevê medidas educativas: advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, semiliberdade e internação. Funcionando bem ou necessitando de urgentes reformas, o ECA recomenda que medidas sejam aplicadas ao infrator de acordo com sua capacidade de cumprimento, as circunstâncias do fato e a gravidade da infração.

A reação social em face à uma infração cometida por um indivíduo até alguns minutos antes de se completar a maioridade, tem sido bem maior que a cobrança pela remuneração de professores e policiais militares. E se faltarem creches? Mas cumpre destacar que as medidas previstas no Estatuto possuem como objetivo, ajudar o adolescente a recomeçar, preparando-o para uma vida adulta.

Qual o papel da Educação? No Brasil ela necessita de maiores investimentos de forma a construir um cidadão ainda mais ciente de seus direitos e deveres, diminuindo sobretudo sua vulnerabilidade e a crescente marginalização. Longe de críticas, ou da retribuição do mal pelo mal, o clamor público e os índices de crimes praticados por menores, têm demonstrado que se o estabelecimento prisional que recebe o maior de 18 anos está “super lotado”, quem dirá com a redução da maioridade penal.

De forma afirmativa, é claro que o cidadão sendo maior de 16 ou menor de 18 anos; ambos conseguem segurar o peso de uma arma. Porém a existência de leis mais severas, aplicadas pelo Estado com o aumento de pena para o cidadão que rompe com o contrato social nunca demonstrou na prática a redução da criminalidade, ou mesmo o peso da retribuição.

É realmente o tempo de se refletir, sobretudo em face ao caráter utilitário e social do direito penal, que só existe em razão da vida, sendo elencado como o responsável pela manutenção da paz, da justiça e pela proteção do homem. A maioridade sendo reduzida ou não, justificaria uma diminuição da criminalidade? O criminoso que interrompeu o processo normal de vida do homem, torna o Direito mais responsável que o Estado? Se o crime for praticado pelo autor, ele é o único culpado ou alguém está por traz dele exercendo o mandamento? Afinal, Punir ou Reeducar?
 
Leopoldo Luis Lima Oliveira, advogado, pós graduado em direito penal, processo penal e tributário é mestre em direito penal pela Puc/SP e Presidente da OAB - Subseção Tatuapé.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK