Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Não somos macacos
 
Não somos macacos
06/05/2014 as 08:42 h  Autor Bira Coroa  Imprimir Imprimir
A atitude do jogador Daniel Alves, em comer uma banana atirada por um torcedor que tinha como objetivo insultá-lo com atitude racista, trouxe à tona, o tema do racismo no esporte. Podemos abordar este tema por diversas aspectos. Quero fazê-lo pelos positivos, ou seja, o debate em torno do combate a esse crime.

No esporte, atualmente o racismo se manifesta com mais evidência, contudo, podemos voltar a um tempo no qual o futebol era praticado apenas por uma elite branca e para que um negro pudesse jogar, teve que ser maquiado com pó de arroz. Temos exemplos de atletas de diferentes modalidades esportivas que apesar de serem reconhecidos internacionalmente, não abordam esse tema, com receio de serem estigmatizados.

Tenho a preocupação de que o racismo no esporte, leve ao esquecimento outros dessa natureza e que após  noticiados, são esquecidos. Os casos recentes foram os do ator Vinícius Romão, preso ao ser “confundido” com um ladrão; o do pedreiro Amarildo, o da servente Cláudia Silva, arrastada por uma viatura policial e recentemente o assassinato de Douglas Rafael, bailarino do programa Esquenta.

O povo negro vive o cotidiano do racismo literalmente na pele, o qual se manifesta de todas as formas. Para amenizar seus efeitos, a sociedade brasileira iniciou um processo visando o acesso das populações negras e indígenas, às politicas públicas de ações afirmativas, como elegeu  os povos e comunidades tradicionais como principais beneficiários dessas medidas. Essas ações frequentemente são combatidas por parte da classe dominante, inclusive daqueles que aderiram à campanha “#somostodosmacacos”, os quais enxergam nessas politicas, privilégio concedido aos povos vitimas do racismo no Brasil.

A chamada campanha “#somostodosmacacos” deflagrada após as atitudes contra o jogador Daniel Alves, embora importante, não pode ser usada para esconder o racismo cotidiano do Brasil. Espero que esta indignação se transforme em ações reais, para que um dia, essa prática seja banida da sociedade brasileira. Afinal, não somos todos macacos. Somos todos humanos.
 


Bira Coroa
Deputado Estadual e presidente da Comissão Especial de Promoção da Igualdade da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK