Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O apagão logístico, a seca e o futuro
 
O apagão logístico, a seca e o futuro
28/02/2014 as 15:59 h  Autor Ciro Antonio Rosolem  Imprimir Imprimir
Enfim aparece uma luz para resolver o apagão logístico agropecuário. É simples: vem a seca. O seguro agrícola é ridículo. Outorga de água para irrigação, nem pensar! O agricultor não consegue pagar a conta, não planta mais. Resolvido o problema! Em pouco tempo não haverá mais o que transportar. Afinal, para que perder tempo com essa tal agropecuária que sabe muito bem se virar? O governo tem coisas muito mais importantes a fazer: financiamentos para índios e quilombolas, bater papinho com o MST, financiar Cuba, pensar em novas bolsas/votos etc. “Rolezinhos” parecem preocupar mais os nossos governos que o problema agrícola.

O marco histórico de uma tonelada de grãos produzidos para cada brasileiro foi adiado pela seca. Tragédia anunciada. Todos os ganhos, benefícios na balança comercial, empregos e desenvolvimento devido ao agronegócio são rapidamente esquecidos e já se começa a culpar a produção de alimentos por um provável recrudescimento da inflação. O preço da alface está pela hora da morte. Tem que haver um culpado que não precise de votos.  Mais uma vez.

Senhores candidatos, não percam a oportunidade de construir a história deste país. Considerem em suas propostas a reforma do seguro agrícola brasileiro. Isso se reflete em segurança alimentar e em sustentabilidade agrícola. Não se iludam! São previstos novos desastres climáticos, cada vez mais fortes e mais frequentes.  Isso pode até não se confirmar, mas isso não é desculpa para adiarmos políticas que nos permitam viver com o problema.  Antes de tudo e talvez a providência mais fácil, seria reformular o seguro agrícola, de modo a assegurar a sustentabilidade do agricultor e não somente do banco. Isso é caro? Talvez, mas é um problema da sociedade.  Com as intempéries ficará cada vez mais difícil para produtores agrícolas se manterem produzindo. Se a sociedade quiser viver sem alta inflação e sem fome - tragédia maior - precisa até subsidiar o seguro agrícola, se for o caso. Isso pode manter a agricultura viva.

Senhores candidatos, não percam a oportunidade de construir a história deste país. Em todos os países em que a agropecuária tem importância: a irrigação tem papel fundamental na produção. Não no Brasil. Quem já tentou obter uma outorga de água para irrigação sabe do que estou falando. Nossas vacas não podem mais beber água no rio. Poluem! O terrorismo ecológico pode, a médio prazo, sabotar a segurança alimentar que temos no Brasil. É urgente a revisão do Código Florestal de modo a se permitir o uso racional de nossos recursos hídricos visando a produção agrícola. Já sentimos o peso da burrice ecológica nas hidrelétricas sem reservatório. Vamos deixar isso chegar à fome? Alerta, senhores! A situação é grave e pode piorar. Mas, ainda dá tempo.

Senhores candidatos, não percam a oportunidade de construir a história deste país!

Ciro Antonio Rosolem, membro do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) e professor titular da Faculdade de Ciências Agrícolas da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (FCA/Unesp Botucatu).

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK