Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A autoavaliação é apenas o ponto de partida
 
A autoavaliação é apenas o ponto de partida
27/08/2013 as 11:49 h  Autor Evaldo Costa  Imprimir Imprimir
Muitas vezes em nossa jornada para o sucesso, fazemos os planos e achamos estar prontos para começar a jornada. Muitos ficam ansiosos para iniciar a caminhada, e partem sem os devidos cuidados. Para garantir uma trajetória de sucesso é preciso primeiro exercitar cuidadosamente a autoavaliação. 
 
É ela que nos ajudar a evitar os obstáculos, dar os passos certos, evitar excessos e, mesmo nos piores momentos, ajudará manter a mente concentrada naquilo que mais desejamos conquistar. A autoavaliação precisa ser exercitada regularmente e não apenas em uma única fase da jornada.
 
Muita gente inicia um plano para conquistar um sonho, exercita com maestria a autoavaliação no início do projeto, e em seguida esquece ou abandona tal recurso. Daí acaba perdendo tempo, exaurindo as energias e deixando de conquistar o que mais deseja, mesmo estando bem próximo da conquista. É o que muitos chamam de “morrer na praia
 
É preciso ainda estar consciente de que a autoconfiança nem sempre é o bastante para levar a pessoa a sonhada conquista. Ouvir quem está próximo, é sempre um diferencial que o vencedor não pode prescindir. Até porque, é pouco provável que sozinho alguém alcance o sonhado sucesso. Analise a vida dos vencedores e descobrirá que eles contaram com ajuda de outras pessoas, antes de triunfar.
 
Então, solicitar os amigos e colegas que avalie o seu comportamento, pode ser o limite entre o fracasso e sucesso. Logo, ao ouvir os amigos, procure saber: estou no caminho certo? O que devo fazer para não perder o foco? Onde preciso dedicar mais tempo e energia? Como agir para tornar a caminhada mais fácil e produtiva?
 
As respostas de seus amigos e colegas, não apenas ajudarão a corrigir as rotas, como também proporcionarão a confiança necessária ao sucesso. Daí quando a autoavaliação, e as considerações de quem estiver próximo, forem favoráveis, sentimo-nos mais confiantes e em condições ideais para triunfar.
 
Quando faltar poucos degraus para você alcançar o topo, estará diante de uma importante oportunidade de realizar mais uma autoavaliação. Será o momento de reavaliar desempenho e ajustar os passos da chegada. Lembre-se de que os últimos degraus costumam ser os mais desafiadores, pois você estará exausto física e emocionalmente e nem todos estarão torcendo pelo seu sucesso.

Logo, converse com quem já venceu e solicite ajuda para preparar uma lista de pontos a serem checados. Adicione a ela as seguintes indagações: o que eu poderia ter feito melhor nesta primeira fase? Quais foram os meus pontos fortes? Quais foram as minhas fraquezas e como posso fortalece-las? Que iniciativas posso tomar para otimizar a minha jornada na reta final?

Daí, aconteça o que acontecer, mantenha em mente que "Não há derrota que derrote quem nasceu para vencer".
 
Pense nisso e ótima semana,
 
Evaldo Costa. Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil
Blog: www.evaldocosta.blogspot..com
Web Site: www.evaldocosta.com
E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK