Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Inovações e sustentabilidade no campo
 
Inovações e sustentabilidade no campo
30/07/2013 as 20:43 h  Autor João Sereno Lammel  Imprimir Imprimir
Estudo da Embrapa mostra os benefícios dos ganhos de produtividade no campo: entre 1970 e 2010, o preço real dos alimentos reduziu pela metade. Para a agricultura alcançar tal desempenho há dois fatores estratégicos: um deles é a adoção de inovações tecnológicas. Além do aumento da produtividade, os avanços trazem ganhos ambientais; basta ver como o aumento da produção tem sido infinitamente superior à abertura de novas áreas. O outro fator decisivo é uma política efetiva de assistência técnica e extensão da rural aos agricultores.

De acordo com a Secretaria de Assuntos Estratégicos, da Presidência da República, a assistência técnica aos médios agricultores e às propriedades familiares chega a quadruplicar seus ganhos: a renda média aumenta de R$ 639 por hectare para R$ 2.309,00. A FAO, órgão da ONU para Agricultura e Alimentação, chega a conclusões semelhantes. O órgão avalia que nos países de baixa renda e em desenvolvimento os recursos aplicados em Pesquisa são os instrumentos mais efetivos de apoio à agropecuária. Aponta, ainda, a importância dos investimentos em infraestrutura, crédito para aquisição de insumos e Educação do agricultor.

Esses dados demonstram que as empresas que pesquisam e desenvolvem Novos Ingredientes Ativos para a proteção de cultivos no País estão no rumo certo da extensão do saber ao campo. São inúmeras ações de Educação e Sustentabilidade, desenvolvidas há muitos anos. Apenas alguns exemplos a serem mencionados: o Sistema Integrado de Manejo na Produção Agrícola Sustentável, SIMPAS; uma parceria entre ABAG, ABRASEM, ANDA, ANDEF, Faculdade Dr. Francisco Maeda e IPINI; o curso MBA em Fitossanidade, em parceria com o IAC, de Campinas; o Programa EcoVegetal, que tem o apoio do Instituto Ambiental do Paraná; e o Fórum Inovação, Agricultura e Alimentos, realizado com o apoio da ABAG e com a parceria estratégica da FAO/ONU.

Outra iniciativa que merece destaque é o Prêmio Andef, que alcançou, dia 24 de junho deste ano, sua 16ª edição com o tema "Inovação e Sustentabilidade - Uma nova revolução verde". Este trabalho da Associação Nacional de Defesa Vegetal, singular em todo o mundo, é desenvolvido em parceria com o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, inpEV; a Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários, Andav; a Organização das Cooperativas Brasileiras, OCB; e a Fundação de Estudos Agrários, da Esalq-USP. Este ano, a premiação passou a contar também com a parceria da Enactus, Organização Internacional que reúne acadêmicos e líderes de instituições públicas e empresariais, e da Associação Brasileira das Agências de Comunicação, Abracom.

Comparando alguns números atuais do País com o que havia no ano de 1998, quando foi criado o Prêmio Andef, percebe-se a dimensão de sua trajetória. O Brasil era formado por uma população de 135 milhões de pessoas e, no mundo, havia 5 bilhões de habitantes. Ou seja, em apenas 16 anos o planeta ganhou mais 2 bilhões de pessoas para alimentar.

A produção rural apenas começava a delinear os contornos do vigoroso agronegócio que, hoje, o mundo tanto admira; o País colhia uma safra de 66 milhões de toneladas de grãos. De novo: em apenas 16 anos, o Brasil praticamente triplicou a colheita, que este ano foi de 184 milhões de toneladas. Em todos esses anos, não faltaram dificuldades para os setores produtivos. E, nunca é demais enfatizar, alguns desses percalços, tais como: ineficiências na infraestrutura de armazenagem e transportes; excessiva carga tributária e anacronismo e lentidão no marco regulatório, fatores que mantêm o elevado Custo Brasil e inibem um avanço mais vigoroso do desenvolvimento.

Na 16ª edição do Prêmio Andef, o conjunto de ações e projetos de Educação do setor de defensivos agrícolas no ano de 2012 capacitou e beneficiou 6.114.987 milhões agricultores. O aumento no número de agricultores beneficiados, em relação ao ano anterior, foi de expressivos 42%. Tais resultados permitem afirmar, sem dúvida, que o Prêmio Andef é, hoje, em quantidade, qualidade e na efetividade dos projetos, a maior premiação da agricultura brasileira. Sobretudo porque os seus resultados se traduzem em mais e melhores alimentos nas mesas de milhões de brasileiros e em todo o mundo.

João Sereno Lammel, engenheiro agrônomo, é presidente do Conselho Diretor da Associação Nacional de Defesa Vegetal, Andef. Fonte: Revista Agroanalysis - Ed.: Julho/2013

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK