Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Comunismo Troncho
 
Comunismo Troncho
22/04/2013 as 09:52 h  Autor Gilvan Rocha  Imprimir Imprimir
A palavra troncho quer dizer torto, fora do prumo, desajeitado. Recentemente, tivemos a oportunidade de assistir a um programa de debate entre o dirigente “comunista” do PCdoB, Aldo Rebelo, e diversos jornalistas, no programa Roda Viva. Não vimos, em nenhum momento, esse senhor referir-se às classes e camadas sociais que compõem esse país chamado Brasil.

Fica claro que, para tal dirigente, “comunista”, existe apenas uma categoria política: país. Dessa forma, abstrai, vergonhosamente, o fato de existirem, como já dissemos, classe sociais com interesses antagônicos, no seio desta festejada nação. Aliás, a burguesia sempre recorre a essa abstração. Diz ela: o país está crescendo, o país está ganhando, o país está perdendo e assim por diante, quando deviam dizer que é o capitalismo que está crescendo, está ganhando ou está perdendo. Isso é uma forma clássica de esconder a verdade que existe por trás dessa colocação patriótica.

Ora, é bom deixar claro, e bem claro, que existe uma intimidade simbiótica entre pátria e patrão. Devia ficar claro, que a chamada “pátria amada idolatrada” é a pátria deles, dos negócios deles, dos ganhos deles. Entretanto, ao invés dessa revelação quanto ao fato de que cada país, no capitalismo, é formado por classes e camadas sociais diferentes, o que existe é um sistemático engodo, uma sistemática enganação, uma densa cortina de fumaça.

Seria tarefa dos comunistas e socialistas dizer para o povo o verdadeiro sentido de pátria e comungando com a afirmação de Karl Marx e Friedrich Engels dizer, peremptoriamente: “O proletariado não tem pátria”. Ao invés disso, temos organizações que se reclamam socialistas e até comunistas, mas se prestam a massificar as tagarelices burguesas e esconder a realidade.

O PCdoB, do senhor Aldo Rebelo, que antes era apenas um partido social-patriota, transformou-se em partido fisiológico que se alimenta nas tetas do Estado capitalista e rejeita qualquer postura anticapitalista. Esses senhores deram-se ao trabalho de se transformarem em especialistas em esportes e reclamar, em nível federal, estadual e municipal, em que se deem vitórias das coligações de “esquerda", sua participação nas secretarias voltadas para essa atividade.

Isso é muito estranho, ou seria a atividade esportiva um novo caminho para o socialismo? Isso não nos parece verdadeiro, pois tudo se reduz a interesses menores como seja o de tirar proveitos em benefício de seus restritos interesses partidários. Trata-se, pois, de um “comunismo” totalmente troncho e o seu caráter oportunista deve ser veementemente denunciado para que o povo trabalhador não seja enganado de forma tão vil.

Gilvan Rocha é militante socialista e membro do Centro de Atividades e Estudos Políticos. Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com

Fonte: http://www.correiocidadania.com.br/

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK