Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Saúde Pública é dever do Estado
 
Saúde Pública é dever do Estado
15/03/2013 as 10:01 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
Houve um tempo em que a agremiação política que hoje coordena política e administrativamente o Estado da Bahia era publicamente contra as coisas que os outros faziam, mas hoje defende as mesmas ideias na prática com unhas e dentes, mesmo sabendo que está passando por cima de sua História.

Naquele tempo nas portas das fábricas, nas portas de repartições públicas, nas praças e nas ruas, esbravejavam barbudos contra as privatizações, as famosas e totalmente suspeitas terceirizações, os chamados reajustes estruturais, o tão falado por eles mesmos neoliberalismo, aliás, contra tudo que rezava o Consenso de Washington. Parece que posso está até enganado, mas parece que era matéria até de Congressos e dos seus estatutos sociais.

Depois de toda essa bonita História que orgulhava muitos, além de seus dirigentes também massas populares, aparecem agora vestidos pela roupa do poder para defender exatamente o que combatiam, ou seja, a terceirização de um dos setores mais críticos do Governo Estadual. Na verdade um verdadeiro ponto de estrangulamento da Administração Pública no Estado, ou seja, a Saúde Pública.

Dizer que terceirizar os hospitais Clériston Andrade e o Manoel Vitorino, respectivamente em Feira de Santana e Salvador, vai resolver o problema, é a maior falácia que ouvimos nos últimos tempos! É como se estivéssemos o tempo todo usando óculos marrons...!

Todo mundo sabe que terceirizações não resolvem os problemas da prestação de serviços do Estado, já está comprovado, é somente consultar os processos que existem nos procon’s, ou no Ministério Público. Terceizações sempre é matéria de corrupção e de aves de rapina do dinheiro público, ou seja, nunca funcionaram na Bahia, porque quem tem compromisso e dever com resultados é o próprio Estado, o ente institucional que governa e decide sobre os rumos de todos os cidadãos, como reza a Constituição Federal.

Terceirizar os hospitais Clériston Andrade e o Manoel Vitorino não vai resolver os problemas crônicos destas instituições de saúde nunca! O que vai é piorar ainda mais! A história é a prova dos nove, e procrastinar e passar o problema para os outros, é coisa dos fracos e dos incapazes, dos que querem viver de sombra e água fresca, e o povo que se dane.

Vladimir Ilyitch Uliánov dizia que “tudo se resume em mudar a própria cabeça”, mas todo mundo de bom senso e inteligência acurada sabe, analisando a frase, que o que funciona mesmo colocando a mesma em prática é mudar para o melhor e não para o anacronismo, ou seja, mudar a cabeça para resolver o problema e não para piorá-lo.

O Estado precisa profissionalizar o que tem e não dividir espaços de soluções públicas para cabos eleitorais, principalmente no campo da Saúde Pública. Quem coordena deveria olhar um pouco o retrovisor da história para não ser atropelado em 2014 por pura incompetência.

Por Genaldo de Melo
Fonte: http://genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK