Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Construindo um ano bom
 
Construindo um ano bom
28/12/2012 as 12:16 h  Autor Ronide Oliveira Franco  Imprimir Imprimir
No despertar de um novo ano, é pertinente lembrar a célebre frase “a melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”, do austríaco Peter Drucker (19 de novembro de 1909 – 11 de novembro de 2005), considerado o pai da administração moderna, que desenvolveu brilhante carreira como professor universitário nos Estados Unidos, foi autor de uma centena de livros e consultor que inspirou a gestão de numerosas companhias. Fica muito claro em seu pensamento que quanto menos se deixar o amanhã a cargo do acaso, maiores serão as possibilidades de expansão, segurança e perenidade dos negócios.

Sim, estamos falando de gestão e planejamento! Ambos são conceitos sinérgicos e indissociáveis, que constituem um axioma fundametal  para o sucesso das empresas no competitivo, seletivo e complexo mercado contemporâneo. Assim, as organizações que começam 2013 respaldadas por um bom planejamento — com foco em sua missão, orçamentos definidos para custeio, investimentos, expansão, prospecção do mercado e modernização — terão vantagens sobre as concorrentes que não fizeram essa importante lição de casa.

A base de tudo, porém, é o capital humano. Para definir o significado desse conceito,recorro outra vez a Peter Drucker, que basicamente entendia a moderna administração como “a ciência que trata sobre pessoas nas organizações”. Via de regra, problemas de RH e ausência de políticas eficazes para a gestão de pessoal são traços coincidentes de empresas desorganizadas, que realizam ações superpostas (gastando mais e perdendo produtividade), apresentam respostas contraditórias e pouco convincentes a seus clientes, têm foco confuso quanto às suas metas e vivem pedindo desculpas por erros frequentes.

Não são raros os casos em que ótimas ideias, com investimento garantido, boa estrutura física e excelentes projetos de marketing e expansão, sucumbem à falta de planejamento, gestão equivocada e, claro, ausência ou ineficiência na administração do capital humano. Assim, todo empenho deve ser feito nesse sentido.

Em nosso país, onde a educação ainda apresenta deficiências, como acaba de demonstrar novíssimo estudo do IBGE (quase a metade dos brasileiros com mais de 25 anos ainda não concluiu o Ensino Fundamental), as empresas acabam desempenhando papel fundamental na adequada formação de seus colaboradores. Para isso, muitas os estimulam à educação continuada e, internamente, esforçam-se em lhes transmitir conhecimento e informação prática sobre suas funções e as peculiaridades do negócio. Trata-se de um esforço bastante compensador.

Empresas que sabem construir um bom ano novo e o seu futuro a mais longo prazo são aquelas com absoluta consciência de que tal tarefa somente se faz com eficiência a partir do seu quadro de recursos humanos. São as pessoas que fazem, agem, transformam o mundo e são capazes de conquistar o sucesso para as organizações nas quais trabalham. Por isso, gestão eficaz, a partir da correta administração de RH, é fator decisivo para que 2013 e os anos subsequentes sejam cada vez melhores para as empresas brasileiras. Transformar esse conceito em realidade está ao alcance das mãos e do discernimento dos gestores.    

Roni de Oliveira Franco é administrador de empresas, sócio da Trevisan Gestão &Consultoria e professor da Trevisan Escola de Negócios - E-mail: roni.franco@tgec.com.br.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK