Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Local de trabalho também é lugar de aprender
 
Local de trabalho também é lugar de aprender
23/11/2012 as 21:55 h  Autor Maurício Sampaio  Imprimir Imprimir
Recentes pesquisas têm demonstrado que uma das maneiras de aprender é o local de trabalho, seja pelo seu contexto ou pelos relacionamentos que estabelecemos dentro deste espaço. Sem contar que, diariamente, nos deparamos com grandes desafios. Não que frequentar uma escola ou mesmo um curso superior não seja necessário, nem pense nisso! Mas a prática tem demonstrado que existe um hiato, uma lacuna entre o que é ensinado nas escolas e universidades, e as habilidades que estão sendo exigidas no mundo do trabalho, que não são poucas.

Há algum tempo tive a oportunidade de participar de uma conferência internacional, cujo tema em inglês era “Learning at work” (“Aprendizagem no trabalho”).  O conferencista mostrou dados assustadores, mas importantes, como a falta de motivação de jovens trabalhadores em frequentarem cursos superiores. Estes eram unânimes em dizer que o que se aprendia na universidade não se aplicava diretamente na prática. Questão esta que será, ainda, muito debatida.

Pois bem, acho que o primeiro passo é entender melhor o conceito do termo conhecimento e como adquiri-lo. Vale a pena lembrar que no dicionário Aurélio, o significado se estende ao ato ou efeito de conhecer, ideia, noção. Informação, notícia, ciência. Prática da vida; experiência. Discernimento, critério, apreciação. Consciência de si mesmo. Pessoa com quem travamos relações. Quanta coisa, não é?

Assim, ao contrário do que uma grande parcela da população pensa, para se ter conhecimento sobre alguma coisa não é preciso ter alguém ensinando. Não que seja uma inverdade. Esta situação é mais cômoda, porém, todos temos condição de aprender sozinhos: observando, perguntando, pesquisando e lendo. O conhecimento não é desenvolvido apenas entre quatro paredes, com giz e lousa. Ele se dá também por meio de relações socioculturais, que podem variar do âmbito acadêmico, através das relações que estabelecemos com aquilo que nos é transmitido de forma mais técnica e específica.

Legal, mas como podemos aprender no trabalho? Primeiro temos que tentar entender algumas relações que mantemos com ele diariamente: relações de processo do trabalho, ações localizadas dentro do trabalho e as que acontecem fora dele. Você, neste momento, deve estar me detestando, mas vou ser mais simples. Nos processos de trabalho estão embutidas as relações de trabalhar em equipe, enfrentar papéis e tarefas difíceis, experimentar, resolver problemas, atender clientes. Nas relações com as ações do dia-a-dia, estão inseridas habilidades de formular perguntas, obter informações, localizar pessoas, escutar, refletir, aprender com os erros, dar e receber feedback (retorno). E nas relações externas ao trabalho, estudo independente, congressos, supervisão, cursos e outros. Lembrem-se, mais uma vez, que não estou tratando da aprendizagem de conhecimento específico, mas sim de habilidades desejadas pelos patrões, e as empresas.

Vamos fazer um exercício? Feche os olhos e pense exatamente em tudo que você realizou durante seu expediente. Não coloque de lado as coisas ruins, o cliente mal-educado, o chefe grosseiro, tudo isto faz parte. Agora pense: de que forma você respondeu a tudo? E se tivesse que fazer de novo, de que forma você agiria? Com certeza novos caminhos serão abertos, novas soluções para velhos problemas aparecerão. Parabéns! Você acaba de adquirir conhecimento sobre você mesmo, suas possibilidades, seu talento. Por fim, aproveite para fazer de cada momento um eterno aprendizado, isto lhe remeterá ao crescimento profissional. Mas não se esqueça que uma formação de nível superior é fundamental para a sua carreira.

Maurício Sampaio - Empresário, educador, especialista em orientação educacional e vocacional - www.mauriciosampaio.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK